Magic Johnson anuncia a segunda aposentadoria

Há 20 anos… dia 14 de maio de 1996.

Magic Johnson anuncia a segunda aposentadoria

Cinco anos após “The Announcement”, o segundo fim.

Duas décadas atrás, Earvin Magic Johnson Jr. anunciou a aposentadoria definitiva do basquete. O desfecho de uma longa estrada, de muitos títulos, infindáveis troféus e permanente magia.

Em 1991, ele abalou o mundo ao revelar ser portador do vírus HIV. Mais: anunciou que teria de deixar o esporte. Uma interrupção abrupta da carreira de uma das maiores lendas que já pisaram em uma quadra de basquete.

Magic ainda atuou por mais um período, sendo um dos pilares do imortal Dream Team na Olimpíada de Barcelona, em 1992. Depois, viveu a vida de ex-jogador: escreveu livro, tocou seus negócios, virou comentarista e também tentou ser técnico (do Lakers, claro).

Mas precisava se despedir propriamente do basquete e, cinco anos depois do primeiro fim, retornou. Um regresso nos seus termos, como ele diria no comunicado de despedida, reportado na matéria de Clifton Brown, no New York Times, sob o título “Leaving on His Terms, Johnson Retires Again”:

“Fiquei satisfeito com o meu retorno à NBA, embora eu esperasse que chegaríamos mais longe nos playoffs”, disse Johnson em um comunicado divulgado por seu agente, Lon Rosen. “Mas agora eu estou pronto para ir embora. É hora de seguir em frente. Eu vou sair em meus termos, algo que eu não poderia dizer quando eu tentei um retorno em 1992.”

O comeback foi satisfatório individualmente, mas longe de exitoso coletivamente. Em 32 jogos, Magic teve médias consistentes: 14.6 pontos, 6.9 assistências e 5.7 rebotes. Ganhou até alguns votos na eleição de MVP, terminando em 12º lugar.

Nas partidas em que o camisa 32 esteve em quadra, os Lakers cravaram 22-10. Terminaram a temporada regular com uma boa marca de 53-29, ficando em 4º lugar na Conferência Oeste. Acabaram eliminados pelo então campeão Houston Rockets (3 a 1) na primeira série dos playoffs. O Chicago Bulls de Michael Jordan seria o campeão.

A despedida como atleta profissional não significou o fim da vida dentro do basquete para Magic Johnson. Ele até voltou a jogar, em 1999, pelo M7 Borås (da Suécia, hoje conhecido como Borås Basket) e atualmente segue muito ligado ao esporte e aos Lakers.

Recentemente, participou da despedida de outra lenda do basquete, o monstro Kobe Bryant.

Mas essa história fica pra outro dia… Porque todo dia é histórico.

O último jogo de Magic Johnson pelos Lakers:

Fontes e +MAIS:

nytimes.com

Acervo Folha

– nba.com

– shawnfury.blogspot.com.br

– lakersnation.com

Anúncios

Fala!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.