Michael Jackson lança primeiro disco solo

Há 35 anos… dia 10 de agosto de 1979.

Michael Jackson lança primeiro disco solo

“Chega o momento na vida de um jovem em que ele deve colocar um belo e confortável smoking, brilhantes meias brancas e seguir seu próprio caminho. Para Michael Jackson, esse momento foi 35 anos atrás, em 10 de agosto de 1979. Foi quando, semanas antes de seu 21º aniversário, Jackson lançou Off the Wall, o álbum que o alçou ao status de superstar adulto e pavimentou a estrada para sua coroação como o Rei do Pop.”

Em cinco linhas (ou um parágrafo), Kenneth Partridge sintetizou o primeiro disco solo de Michael Jackson. No brilhante e divertido texto publicado no site da Billboard, analisa faixa a faixa o álbum divisor de águas da carreira do moonwalker. O disco da maturidade de um artista.

Hoje, 35 anos depois, Off the Wall é apontado por muitos como o melhor de Michael Jackson. De fato, tudo está lá: o funk, o pop, o rock, a disco, o soul. E, principalmente, o todo do artista. Ele está lá por inteiro, exposto, essencial, transparente e cristalino. Brilha como suas meias brancas. Fascina como o movimento improvável de sua dança. Encanta como a beleza de sua voz.

O primeiro álbum pós-Motown/Jackson 5-The Jacksons teve o toque de Midas do gênio Quincy Jones. O trabalho como produtor musical do filme “The Wiz” o aproximou de Michael, que interpretou o Espantalho e foi o único a se salvar do mar de críticas ao longa.

Jones viu naquele jovem talentoso uma vontade de libertação, de autonomia, de liberdade. Uma saída pra fora do muro. Aceitou comandar o primeiro passo maduro da carreira de Michael.

Foi, e ainda é, sucesso absoluto. Mais de 20 milhões de cópias vendidas, prêmios e mais prêmios, resenhas positivas e exultantes, enfim, êxito completo.

Acho que engrosso o coro dos que apontam Off the Wall como o melhor do Rei do Pop… Que álbum!

As duas músicas iniciais, “Don’t Stop ‘Til You Get Enough”(a música do Video Show!) e “Rock with You”, seguem embalando festinhas mundo afora com muita competência. “Burn This Disco Out”, que fecha o disco, é outra bomba pra levantar qualquer pista. A exemplo de “Rock with You” e de “Off the Wall”, é obra-prima de Rod Temperton, letrista britânico que escreveria nada mais nada menos que “Thriller”. Só isso!

As baladas “Girlfriend” (de Paul McCartney!) e “She’s Out of My Life” revelam o lado triste e bonito de Michael. Baladas que expõem um pouco dos fantasmas tão presentes em toda a sua vida, “companhias” fiéis a partir de um certo momento. Infeliz e tristemente.

Corta! Voltando pra pista, tem ainda “Working Day and Night”, uma disco acelerada que bota todo mundo pra dançar, e “Get on the Floor”, auto-explicativa! Ah, pra fechar tem também uma música apenas de Stevie Wonder, “I Can’t Help It”.

Tudo está lá, realmente. Que álbum!

Off the Wall é o melhor e o mais essencial de Michael Jackson.

Ele lançaria seu mais bem-sucedido trabalho três anos depois. Thriller coroaria definitivamente Michael como o Rei do Pop.

Mas essa história fica pra outro dia… Porque todo dia é histórico.

Ouça Off the Wall:

Fontes:

billboard.com

Wikipedia

rollingstone.com

Anúncios

2 comentários sobre “Michael Jackson lança primeiro disco solo

Fala!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s