“The Man Who Fell to Earth” estreia no Reino Unido

Há 40 anos… dia 18 de março de 1976.

"The Man Who Fell to Earth" estreia no Reino Unido

“Thomas Jerome Newton é um alienígena humanoide que chega à Terra de um lugar distante em uma missão para levar água ao seu planeta natal, que está passando por uma seca catastrófica”.

Essa é a sinopse resumida da Wikipedia para “The Man Who Fell to Earth” (“O Homem Que Caiu na Terra”), lançado nos cinemas britânicos há exatos 40 anos.

No papel do protagonista, ninguém menos que David Bowie. Nada mais apropriado. Ele acabara de apresentar ao mundo o discaço Station to Station e seu mais novo alter ego, o Thin White Duke, “um nobre pós-moderno decadente, com olheiras de doente terminal e cabelo laranja”, como definiu com o brilhantismo habitual Daniel Setti, no post sobre o décimo álbum do Camaleão.

“Visual remanescente do alienígena que Bowie acabara de interpretar no filme ‘The Men Who Fell to Earth’, de Nicolas Roig. A capa do disco, aliás, traz cena desta película”, continua e relembra o Dani.

À época, Bowie estava mergulhado em uma rotina agressiva, com doses exageradas de cocaína e uma dieta, no mínimo, exótica. Por conta disso, pouco se recorda tanto da gravação do disco quanto das filmagens do longa-metragem, ambas realizadas em 1975.

“Eu estava chapado do começo ao fim”, diria, em entrevista de 1983, a mesma em que revela total insegurança para atuar no filme e um sentimento de alienação plena, “justamente como o próprio personagem”, ou seja, um extraterrestre.

A despeito da desconfiança do músico, o filme baseado no romance homônimo de Walter Tevis teve ótima recepção da crítica da época, como se lê na resenha de Richard Eder no New York Times, que inclui rasgados elogios ao próprio Bowie:

“Sr. Bowie tem uma atuação extraordinária. Os detalhes, a química de sua pálida e alta figura com seus olhos de contorno preto são claramente não-humanas. No entanto, ele adquire um movimento, uma força trágica como o estranho capturado e destruído em uma terra estranha”, pontua.

Posteriormente, “The Man Who Fell to Earth” acabaria por conquistar o selo cult que ostenta até hoje.

David Bowie levou o prêmio de Melhor Ator no Saturn Award e seguiria sua aventura pela sétima arte, com destaque para outra ficção, “Labirinto – A Magia do Tempo”, de 1986, em que encarna uma espécie de feiticeiro.

Mas essa história fica pra outro dia… Porque todo dia é histórico.

Veja o trailer do filme:

Fontes +MAIS:

Wikipedia

IMDb

rogerebert.com

davidbowienews.com

bowiegoldenyears.com

nme.com

theguardian.com

– nytimes.com

Anúncios

Fala!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.