Maior fóssil de Tiranossauro Rex é encontrado nos EUA

 Há 25 anos… dia 12 de agosto de 1990.

(Clique na foto para ampliar!)

Toda vez que vejo ou leio algo sobre dinossauros, lembro da minha primeira viagem pra fora, a primeira para os Estados Unidos.

Era 1991 e tinha 10 anos. Durante o quente mês de julho, auge do verão no hemisfério Norte, meus pais, meus dois irmãos mais velhos e eu passeamos por algumas cidades da Terra do Tio Sam e também do Canadá.

Um dos destinos foi Nova York, a única vez que estive na Big Apple. Muita coisa me fascinou na megalópole onde o tempo não para e o mundo se encontra. Mas nunca me esquecerei da visita ao Museu de História Natural (é, aquele mesmo de “Uma Noite no Museu”). Que lugar fantástico para um menino de 10 anos!

Civilizações antigas, missões espaciais, réplicas perfeitas de mamíferos e… dinossauros! Fósseis e mais fósseis de dinos, todos maravilhosamente expostos. Fiquei encantado com o mundo daqueles seres que passaram pela Terra há milhões de anos e saí da lojinha com pôsteres, broches, chaveiros, lápis, canetas, cadernos, miniaturas e outras coisinhas. Souvenires que tenho até hoje!

Toda essa historinha introdutória para tentar transportar você, leitor, ao dia 12 de agosto de 1990. Foi nessa data, pouco menos de um ano antes da minha viagem, que um grupo de paleontólogos encontrou o maior e mais completo fóssil de Tiranossauro Rex já descoberto!

Vamos relembrar. No início do verão, alguns cientistas do Black Hills Institute, de South Dakota, saíram à procura de fósseis em uma reserva indígena próxima do Rio Cheyenne, pertinho da cidade de Faith. Ao final da expedição, somente alguns ossos de um Edmontossauro tinham sido achados.

Então, no dia 12, quando parte do grupo se aprontava para partir, um pneu furado do jipe deu mais alguns minutos para uma última inspeção na área. Sue Hendrickson, uma das paleontólogas, saiu vasculhando em uma zona próxima a um penhasco onde ninguém havia vistoriado.

Ao caminhar pela base, Sue descobriu pequenos pedaços de ossos e notou que havia partes maiores, subindo pela parede do morro. Com alguns pedaços na mão, reportou a descoberta ao presidente do instituto, Peter Larson. Experiente, Larson asseverou que se tratava de um Tiranossauro Rex. Incrível!

Ao começarem a limpar a terra do fóssil, perceberam algo mais incrível: a preservação do corpo do Tiranossauro era quase completa! Cerca de 80% de todos os ossos estavam ali. Quase todos os dentes do animal estavam intactos.

“Ele me levou até o penhasco e disse: ‘dá uma olhada!’. Eu observei, me virei pra ele e disse: ‘isso é um T-Rex?’ E ele: ‘sim! E acho que está inteiro’”, conta o paleontólogo Neal Larson, irmão de Peter, no documentário “Dinosaur 13”, produzido pela CNN, lançado em 2014.

A grande descoberta ganhou o nome de sua descobridora. Hoje, Sue está no Field Museum, de Chicago. Após disputa que envolveu o Departamento do Interior e até o FBI, e que mobilizou a população americana, o maior, mais preservado e mais antigo fóssil de Tiranossauro Rex já encontrado começou a ser exibido em maio de 2000.

Quem sabe um dia o menino que ficou deslumbrado com os de Nova York faça uma visita e conheça Sue.

Trailer de “Dinosaur 13”:

Fontes e +MAIS:

Wikipédia

Wikipedia

history.com

wired.com

fieldmuseum.org

Anúncios

3 comentários sobre “Maior fóssil de Tiranossauro Rex é encontrado nos EUA

  1. Olá, Lucas!
    Primeiro, agradeço muito teu comentário e audiência!
    A cidade é Faith, na Dakota do Sul, nos Estados Unidos, próximo ao Rio Cheyenne.
    Agradeço novamente tua participação. Continue com o efemérides!
    Abraço,
    Fernando.

Fala!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.