Ramones lançam o primeiro álbum

Há 40 anos… dia 23 de abril de 1976.

Ramones lançam o primeiro álbum

POR BRUNO FIUZA*

Há quarenta anos era lançado o disco que deu início à última revolução musical, artística e cultural do século XX. Mas os Ramones certamente estariam gargalhando se lessem isso hoje e achariam essa frase uma enorme babaquice.

Afirmações solenes definitivamente não combinam com The Ramones, disco que inventou o punk enquanto estilo musical. Gravado em fevereiro de 1976 e lançado em 23 de abril daquele ano, o álbum reúne 14 faixas em inacreditáveis 29 minutos, e é um verdadeiro diário do submundo de Nova York na década de 1970.

Sem pompa, elegância e muito menos solenidade, as 14 músicas do disco nada mais são do que relatos da vida cotidiana de seus autores. Mas em uma época em que o rock’n’roll havia se tornado uma profusão de pompa e circunstância, com superstars divagando sobre o sexo dos anjos, a voz das ruas que os Ramones registraram em suas canções foi um verdadeiro soco no estômago de quem tinha se acostumado a divagar sobre os caminhos da escada que leva ao paraíso.

Johnny, Dee Dee, Joey e Tommy Ramone transformaram em música o ambiente sujo, decadente e caótico da Nova York dos anos 1970, município que havia decretado falência justamente em 1975. Os Ramones eram símbolos de seu tempo.

Nascido na Alemanha, Dee Dee se mudou ainda criança para Nova York, onde começou a traficar drogas aos 15 anos e, durante um tempo, fez michê para gays nas ruas da cidade. Joey havia sido internado em um hospício na adolescência e foi expulso de casa por vender pertences de sua mãe para comprar roupas e adereços. Johnny trabalhava como peão na construção civil e era completamente fascinado por mentes doentias como a do serial killer Charles Manson.

Por isso, ao transformarem em música suas experiências nas ruas de Nova York, os Ramones devolveram ao rock’n’roll o clima de transgressão que tinha marcado o estilo em seus primórdios. O álbum começa com aquele que se tornaria o maior clássico da história dos Ramones: “Blitzkrieg Bop”. Originalmente composta por Tommy, a música falava sobre um grupo de garotos a caminho de um show. Mas, ao ver a letra, Dee Dee resolveu adicionar um toque de provocação e mudar o título. Resultado: além da interpretação original, a música pode ser entendida como a descrição do avanço das unidades nazistas que usavam a tática “blitzkrieg” (“guerra relâmpago” em alemão) durante a Segunda Guerra Mundial. O mesmo Dee Dee, aliás, é o autor de “53rd & 3rd”, música em que relata sua experiência de michê nas ruas da Big Apple.

“Beat on the Brat” (“Bata no Pirralho”) descreve a cena de uma mãe correndo atrás de seu filho pequeno com um taco de beisebol na mão, “Loudmouth” (“Dedo Duro”) é basicamente a banda ameaçando calar a boca de alguém que falava demais, e “Now I Wanna Sniff Some Glue” (“Agora eu Quero Cheirar um Pouco de Cola”) dispensa explicações.

Adicione a isso a violência do som de uma guitarra, de um baixo e de uma bateria tocando em uma velocidade e com uma agressividade desconhecidas para a época e você vai ter uma ideia do choque que os Ramones causaram quando começaram a tocar na lendária casa de shows CBGB.

“Os Ramones entraram no palco, e foi uma cena espantosa. Quatro caras completamente furiosos de jaqueta de couro preta. Foi como se a Gestapo tivesse entrado na sala. Aqueles caras definitivamente não eram hippies. Daí fizeram a contagem para uma canção – “UM, DOIS, TRÊS, QUATRO!” – e a gente foi atingido por aquela rajada de barulho, você recuava fisicamente com o choque, como numa ventania, e, antes que você sequer pudesse entrar no embalo, eles paravam”, conta Legs McNeil, um dos fundadores da revista que registrou os primeiros passos daquele novo movimento musical que surgia em Nova York. O nome da revista? Punk.

* Bruno Fiuza é jornalista, editor e historiador. É coautor de Guitarras e Toca-Discos: Punk e Rap em São Paulo (PUC-SP, 2004).

The Ramones: 

Fontes e +MAIS:

– Mate-me Por Favor: Uma História Sem Censura do Punk (Volume 1: 1965-1975), de Legs McNeil e Gilian McCain (L&PM, 2004).

Wikipedia

Wikipedia (1)

Wikipedia (2)

Anúncios

Um comentário sobre “Ramones lançam o primeiro álbum

Fala!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.