“Fidelio”, única ópera de Beethoven, estreia em Viena

Há 210 anos… dia 20 de novembro de 1805.

“Fidelio”, única ópera de Beethoven, estreia em Viena

Leio a palavra “Fidelio” e lembro de “Eyes Wide Shut” – “De Olhos Bem Fechados” –, último filme de Stanley Kubrick (pra mim, um dos melhores dele!). Era a senha de Nick Nightingale para Bill Harford adentrar na misteriosa festa à fantasia.

“Fidelio” é, também, o nome da primeira e única ópera de Ludwig van Beethoven, que estreou há 210 anos, no Theater an der Wien, em Viena. Um debute fracassado, assim como o subsequente relançamento, em 1806. Somente em 1814 o compositor alemão recebeu o devido reconhecimento.

A peça teatral conta a história de Leonore, uma mulher disfarçada de guarda de prisão sob o codinome de Fidelio. O objetivo da brava Leonore é resgatar o marido, Florestan, da morte em uma prisão política.

Muito do fracasso da estreia se deveu ao fato da longa duração da composição de Beethoven. Viena também vivia dias turbulentos, com a invasão e tomada da cidade pelo exército de Napoleão Bonaparte. Inclusive, boa parte da plateia na estreia era composta por militares franceses.

Em 1814, o compositor alemão, enfim, obteve reconhecimento com “Fidelio”. Com libreto revisado por Georg Friedrich Treitschke, a ópera estreou no dia 23 de maio, novamente em Viena.

Dez anos depois, Beethoven seria aclamado com sua obra-prima: a Nona Sinfonia.

Mas essa história fica pra outro dia… Porque todo dia é histórico.

“Fidelio”, sob regência de Leonard Bernstein:

Fontes:

Wikipedia

Wikipédia

– guiadamusicaclassica.blogspot.com.br

– barroconabahia.com.br

– imslp.org

– utahsymphony.org

– formadevida.org

Anúncios

Fala!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s