Joe Frazier vence Jimmy Ellis e é novo campeão dos pesados

Há 45 anos… dia 16 de fevereiro de 1970.

Joe Frazier vence Jimmy Ellis e é novo campeão dos pesados

Precisa-se de um campeão.

Em 1968, o cinturão dos pesados estava vago. A recusa em servir o exército americano fez Muhammad Ali perder o título mundial que havia conquistado quatro anos antes, em 1964, em cima de Sonny Liston.

Jimmy Ellis e Joe Frazier tinham diferentes versões do cinturão. Sem Ali em cena, eram os dois melhores boxeadores da categoria no momento.

Ellis vencera Leotis Martin, Oscar Bonavena e Jerry Quarry em um torneio eliminatório e defendera seu título uma vez, com sucesso, contra Floyd Patterson. Já Frazier passara por Manuel Ramos, Oscar Bonavena, Dave Zyglewicz, e Jerry Quarry.

Ambos chamavam para si o título de campeão. Então, em dezembro de 1969, para acabar com a dúvida e a polêmica, assinaram contrato que previa o grande encontro, marcado para fevereiro do ano seguinte. Começava a preparação para o embate.

De um lado, Ellis tinha o lendário Angelo Dundee para entrar em forma. Estava há 17 meses sem lutar e acima do peso. Mas confiava na fama de Dundee para vencer. “Jimmy é como uma bomba prestes a explodir. Preciso sossegá-lo um pouco”, dizia o treinador, que acreditava em seu lutador.

Do outro lado, no entanto, havia um boxeador em plena forma, que demonstrava um poder destrutivo a cada vez que pisava no ringue. Frazier tinha uma rotina pesada de treinamento, com duas sessões por dia.

No grande dia, mais de 18 mil pessoas lotaram o Madison Square Garden para saber quem seria o grande campeão mundial dos pesados.

O primeiro round teve equilíbrio, com leve vantagem de Frazier. Ellis conseguiu seguir a estratégia e manteve o adversário no centro do ringue. Uma série de golpes antes do soar do gongo deu diferença em favor de Frazier. “Talvez ele tenha vencido o primeiro assalto, mas isso não significava nada. Eu tinha o comando total da luta”, diria Frazier, depois.

Realmente, ele tinha o comando, o que começou a ser demonstrado logo no primeiro milésimo do segundo round. Frazier levou Ellis para as cordas e iniciou o massacre: jabs, diretos e ganchos, especialmente dois de esquerda, deixaram o adversário tonto.

O terceiro não foi diferente: fortes golpes de Frazier em cima do pobre Ellis, completamente desnorteado. Os espectadores deliravam. Frazier foi para seu corner com sorriso de orelha a orelha. Sabia que era questão de tempo para a vitória.

Retornou para o quarto assalto como um touro, desferindo seus indefensáveis ganchos de canhota, que levaram Ellis para a lona. Levantou-se a tempo de levar mais um gancho de esquerda e cair novamente. Conseguiu se postar de pé antes do gongo e caminhou zonzo para seu corner. Frazier já vibrava com a iminente conquista do cinturão.

Então, Angelo Dundee resolveu se antecipar ao inevitável e impediu Ellis de retornar à luta, “putting him out of his misery”, como se diz por lá. Joe Frazier foi declarado o novo campeão dos pesos pesados, apesar de muitos ainda considerarem Ali o verdadeiro dono do cinturão.

Tempos depois, Ali e Frazier se encontrariam diversas vezes, em épicos combates que entrariam para a história da nobre arte.

Mas essa(s) história(s) fica(m) pra outro dia… Porque todo dia é histórico.

Joe Frazier X Jimmy Ellis:

Fontes:

boxrec.com

– onthisdayinsports.blogspot.com.br/

boxing247.com

Anúncios

Fala!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s