Arantxa Sánchez conquista o US Open pela primeira e única vez

Há 20 anos… dia 10 de setembro de 1994.

Arantxa Sánchez conquista o US Open pela primeira e única vez

“Se a vida fosse tão simples como um primeiro set de 22 minutos. Se apenas os dois oponentes de Steffi Graf – Arantxa Sánchez Vicario e a dor nas costas – tivessem permanecido caídos quando ela os dominava. Então, Graf ainda seria a campeã indiscutível do tênis feminino mundial, o seu último grande ícone, em vez de outra estrela questionável, com um futuro tão duvidoso ​​quanto o do esporte. ”

“Sánchez sorri enquanto Graf estremece” era o título do relato do New York Times sobre a final feminina do US Open de 1994, assinado por Harvey Araton.

Decisão que começou como o previsto: domínio avassalador e usual de Steffi Graf, a imbatível número 1 do mundo. Em 22 minutos, a alemã impôs o jogo como quis e aplicou inapeláveis 6-1 em cima da espanhola.

Se a vida fosse tão simples assim…

As dores nas costas, que incomodavam Graf desde o meio daquela temporada, voltaram com tudo no segundo set. Do outro lado da quadra, havia uma adversária conhecida e reconhecida pela entrega e luta. Por não desistir de nenhum ponto, de nenhuma bola.

Então com 22 anos, Arantxa Sánchez fez jus à reputação e foi atrás da virada.

Em um renhido segundo set, a catalã se viu em situação difícil em dois momentos. No 4-4, Graf teve um break point, que, se confirmado, poderia encaminhar seu quarto título nos Estados Unidos, o 16º da carreira. Mas Sánchez salvou e confirmou o saque, enquanto a alemã colocava as mãos nas costas e gerava burburinho na plateia, ciente do problema da número 1 do mundo.

Graf ainda teve chance de liquidar o duelo no tiebreak, quando vencia por 3-2 e tinha dois serviços. Dois erros em dois forehands, uma bola longa pra fora e outra na rede colocaram o placar totalmente favorável a Sánchez: 6 a 3. Com três set points na mão, a espanhola acabou recebendo novo presente da adversária, uma nova bola na rede, e fechou a segunda parcial.

O terceiro e último set mostrou Arantxa Sánchez confiante e contundente. Com um jogo sólido, jogou Graf pra trás da quadra e acuou a alemã. Com 5 a 4 no placar, a destemida Sánchez serviu para o título. Após forte primeiro saque da espanhola, a quase 119 km/h, Graf devolveu bola longa e flutuante, para fora.

“Vi a bola indo fora e pensei: ‘eu consegui’! Joguei a raquete no chão, olhei para cima e agradeci. Fiquei muito emocionada. Meu sonho se tornou realidade”, disse uma extasiada Sánchez, após a vitória.

Foi seu primeiro e único título em Nova York. Depois, Arantxa Sánchez nunca mais venceria Steffi Graf, que seria campeã do US Open por mais duas vezes (1995 e 1996).

Mas essa história fica pra outro dia… Porque todo dia é histórico.

Resumo da vitória de Arantxa Sánchez no US Open de 1994:

Fontes:

Wikipedia

nytimes.com

articles.latimes.com

Fala!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.