“Indiana Jones e a Última Cruzada” estreia nos EUA

Há 25 anos… dia 24 de maio de 1989.

“Indiana Jones e a Última Cruzada” estreia nos EUA

O mais legal de todos os Indiana Jones (não, não vi esse último, da caveira. E não gostei!).

O “último” da trilogia fecha com chave de ouro a saga protagonizada por Harrison Ford.

Como bem escreveu Peter Travers em crítica da época na Rolling Stone, “o mais selvagem e espirituoso de todos os filmes de Indy”.

Há vários motivos pelos quais “Indiana Jones e a Última Cruzada” é, de fato, o mais interessante. Vamos a alguns:

– A lenda do Santo Graal, o fio condutor do filme, é fascinante. Tão ou mais que a história sobre a Arca da Aliança, que conduz a trama do primeiro da série. A ideia foi de George Lucas, o eterno produtor e parceiro de Steven Spielberg. Boa, Georginho!

– Segunda Guerra Mundial e nazismo, uma dobradinha quase infalível em roteiros de ação. Quase todo mundo gosta de ver filmes com esses temas. E Spielberg ainda dá um jeito de colocar Hitler em cena, aliás, momento antológico e espirituoso.

– Sean Connery como Henry Jones, o pai de Indiana. Steven Spielberg não poderia ter escolhido melhor. O ator escocês, aliás, sempre foi a primeira opção para o papel. “James Bond is the father of Indiana Jones” era a piadinha de bastidores dita várias vezes pelo diretor no set. Connery foi o mais expressivo e o melhor agente 007, sonho eterno de direção de Spielberg, nunca concretizado.

– Mostrar o jovem Indiana, interpretado por River Phoenix, que encarna o então escoteiro (tanto Spielberg quanto Ford foram lobinhos quando garotos). O início do longa nos revela como o futuro arqueólogo ganha a cicatriz no queixo, o medo de cobra e o chapéu inseparável.

– Os efeitos especiais. Especialíssimos!

O filme tem perspicácia e humor mais aguçados do que os anteriores (certamente, do que o posterior também).

Os sets de filmagem, como o templo localizado em Petra, na Jordânia, são outros pontos destacados de mais um golaço de entretenimento de Steven Spielberg.

No primeiro final de semana, “Indiana Jones e a Última Cruzada” arrecadou mais de 29 milhões de dólares, a terceira maior bilheteria de 1989, atrás somente de “Batman” e “Os Caça-Fantasmas II”.

Indy retornaria às telas com o Reino da Caveira de Cristal.

Mas essa história o éfemello provavelmente não vai contar…

Veja o trailer de “Indiana Jones e a Última Cruzada”:

Fontes:

IMDb

Wikipedia

Anúncios

Fala!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s