Hank Aaron faz o 715º home run e passa Babe Ruth

Há 40 anos… dia 8 de abril de 1974.

8abr14

 A provação de Henry Aaron terminou às 21:07 de segunda-feira. 

E terminou em um clima de carnaval, que teria sido mais adequado para o homem que ele superou como o maior recordista de home runs do beisebol. Mas terminou. E por isso, como Aaron avisou aos 53.775 fãs em Atlanta que vieram para consagrá-lo no panteão do jogo, “Graças a Deus”.

“O fim da Gloriosa Provação” é o título da reportagem de Ron Fimrite na revista Sports Illustrated de 15 de abril de 1974. Conta a saga da noite do dia 8. A noite em que Henry Louis Aaron, Hank Aaron, “Hammer”, “Hammerin’ Hank”, chame como quiser, superou nada mais nada menos que Babe Ruth, a maior lenda do beisebol.

Às nove e sete da noite, a multidão no Fulton County Stadium parou. A venenosa bola arremessada por Al Downing, do Los Angeles Dodgers, se chocou com a madeira do taco de Hank Aaron e subiu, subiu, subiu. Uma parábola aos céus e para a história.

715º home run da vida de Aaron. O garoto negro que saiu do Alabama marcou seu nome no esporte com as camisas do Milwaukee e do Atlanta Braves, time pelo qual rebateu aquele home run e que defendeu por 9 anos (1965 até 1974).

“Que momento maravilhoso para o beisebol, que momento maravilhoso para Atlanta e para o estado da Geórgia; que momento maravilhoso para o país e para o mundo. Um negro está recebendo uma ovação de pé no Sul profundo, por quebrar um recorde de uma lenda do beisebol. E que grande momento para todos nós, e particularmente para Henry Aaron… E, pela primeira vez em muito tempo, a expressão de Aaron mostra a tremenda pressão e alívio do que deve ter sido viver os últimos meses”, narrava Vin Scully, em referência às ameaças de morte sofridas por Aaron antes do recorde (leia nos links abaixo).

Um momento maravilhoso. A rebatida, a corrida, o abraço na mãe, Estella. “Sinto que posso relaxar agora. Sinto que meus companheiros podem relaxar. E sinto que agora posso ter uma grande temporada”, disse o astro da noite.

Para coroar, os Braves venceram os Dodgers por 7 a 4 no jogo de abertura da temporada de 1974 da Major League Baseball. Ao final, o time de Los Angeles acabou derrotado no World Series (as finais) pelo Oakland Athletics.

Hank Aaron encerraria a carreira pelo Milwaukee Brewers. Seu último e 755º home run aconteceu em 20 de julho de 1976. Em 2007, Barry Bonds ultrapassaria a marca de Aaron como o maior recordista de home runs da história da MLB. Bonds alcançou um total de 762.

Mas essa história fica pra outro dia… Porque todo dia é histórico.

Veja o histórico home run 715 de Hank Aaron:

Fontes:

sportsillustrated.cnn.com

bleacherreport.com

espn.go.com

mlb.mlb.com

Anúncios

Fala!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s