Primeiro desenho animado é exibido em Paris

Há 105 anos… dia 17 de agosto de 1908.

17ago13

(Depois dos obituários…!).

Hoje, um tema mais leve!

O desenho animado nasceu em 17 de agosto de 1908. Cento e cinco anos depois, temos projeções em 3D, imagens ultra reais e personagens cativantes, como Sulley de “Monstros S.A.”, ou o simpático peixinho Nemo.

Tudo começou com “Fantasmagorie”, do francês Èmile Cohl.

O desenho, com pouco mais de um minuto de duração, é um palhaço que se transforma em vários objetos, como uma flor ou uma garrafa. Há partes em que a mão do desenhista aparece na tela.

Tudo é muito simples, o palhaço é um desenho tipo palitinho, a animação, em certos momentos, trava, e não há som. Mas, você acredita que Cohl levou cinco meses para realizar a produção?

O francês desenhou cada frame no papel e depois gravou, um por um, em um negativo de filme, o que deu um aspecto de lousa ao fundo da animação. Foram mais de 700 desenhos. Cohl buscou inspiração em várias produções e técnicas do passado.

Por exemplo, do anglo-americano J. Stuart Blackton, conhecido por fazer o primeiro filme mudo com sequências de animação (“The Enchanted Drawing”, de 1900), ele usou o chamado “chalk-line effect” (“efeito da linha de giz”, em tradução livre). Nada mais é do que filmar linhas pretas em fundo branco e depois reverter o negativo para parecer giz branco em uma lousa preta.

Cohl também buscou inspiração no compatriota Georges Méliès, famoso diretor e produtor de cinema do final do século 19, início do 20. O recurso do “stop trick”, em que um objeto ou pessoa some da cena repentinamente, foi inventado sem querer por Méliès e usado por Cohl em “Fantasmagorie”.

O título do desenho, aliás, remete à técnica do século 19 chamada “fantasmograph”, uma variação da experiência de projetar imagens na parede com uso de lanternas.

“Fantasmagorie” foi projetado no Théâtre du Gymnase, em Paris, naquele 17 de agosto de 1908 e assim nasceu o desenho animado.

Anos depois, Èmile Cohl mudou-se para Fort Lee, em New Jersey, para trabalhar pelo estúdio francês Éclair e difundir as técnicas de animação nos Estados Unidos.

Mas essa história fica pra outro dia… Porque todo dia é histórico.

Assista “Fantasmagorie”!:

Fontes:

Wikipedia

super.abril.com.br

Anúncios

Fala!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.