Balé O Quebra-Nozes estreia na Rússia

Há 125 anos… dia 18 de dezembro de 1892.

Da Wikipedia em inglês:

A primeira apresentação do balé foi realizada como uma estreia dupla, juntamente com a última ópera de Tchaikovsky, Iolanta, em 18 de dezembro de 1892, no Teatro Imperial Mariinsky de São Petersburgo, na Rússia. Embora o livreto fosse de Marius Petipa, que justamente coreografou a primeira produção, há controvérsias. Petipa começou a trabalhar na coreografia em agosto de 1892; no entanto, uma doença o removeu da conclusão e seu assistente de sete anos, Lev Ivanov, foi trazido. Embora Ivanov seja frequentemente creditado como coreógrafo, algumas visões contemporâneas creditam a Petipa. A performance foi conduzida por Riccardo Drigo, com Antonietta Dell’Era como Fada de Ameixa de Açúcar, Pavel Gerdt como Príncipe Coqueluche, Stanislava Belinskaya como Clara, Sergei Legat como Príncipe Quebra-Nozes e Timofey Stukolkin como Drosselmeyer. Os papéis das crianças, ao contrário de muitas produções posteriores, foram realizados por crianças reais e não por adultos (com Belinskaya como Clara e Vassily Stukolkin como Fritz), estudantes da Imperial Ballet School de São Petersburgo.

 

A primeira apresentação do Nutcracker não foi considerada um sucesso. A reação aos próprios dançarinos foi ambivalente. Enquanto alguns críticos elogiaram Dell’Era no seu trabalho como o Sugar Plum Fairy (ela supostamente recebeu cinco cortinas), um crítico a chamou de “corpulenta” e “atarracada”. Olga Preobrajenskaya como a boneca Columbine foi avaliada por um crítico como “completamente insípida” e louvada como “encantadora” por outro.

Há exatos 125 anos, o último dos três balés da vida de Piotr Ilitch Tchaikovsky estreou na Rússia. O compositor, por sinal, foi um dos poucos a se salvar das pancadas da crítica. “Alguns críticos o chamaram de ‘surpreendentemente rico em inspiração detalhada’ e ‘do começo ao fim, bonito, melodioso, original e característico’”, constata a mesma Wikipedia.

Como já mencionado acima, no mesmo dia do debute do Quebra-Nozes, Tchaikovsky apresentou a última ópera, Iolanta.

Mas sobre ela a gente fala outro dia… Porque todo dia é histórico.

Vídeo do canal History Pod sobre a estreia:

Fontes e +MAIS:

– nutcracker.com

– Wikipedia

– Wikipédia

– cbsnews.com

– radioagencianacional.ebc.com.br

– nationalpost.com

Anúncios

Fala!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.