União Soviética lança o Sputnik ao Espaço

Há 60 anos… dia 4 de outubro de 1957.

“Até dois dias atrás, esse som nunca tinha sido ouvido na Terra. De repente, se tornou parte da vida do século 20, a exemplo do aspirador de pó. É um indício da mais distante fronteira do Homem, um sinal de rádio transmitido pelo satélite soviético Sputnik”.

Na voz do âncora da CBS News, o assombro pelo primeiro satélite artificial enviado ao Espaço com êxito, o Sputnik 1. Em cirílico, Спутник-1, o “Satélite-1”.

Exatas seis décadas atrás, a hoje icônica esfera de aproximadamente 58,5 cm de diâmetro e quase 84 kg de peso, com quatro grandes hastes grudadas, se mandou ao desconhecido, a uma velocidade de 29 mil km/h.

Começava um dos mais palpitantes capítulos da Guerra Fria, a Corrida Espacial, que teve ápice no mítico ato de Neil Armstrong na superfície da Lua, o tal do “pequeno passo para o Homem, salto gigantesco para a humanidade”.

Se o jogo se iniciou ali, a União Soviética abriu o placar com um belo gol.

Ideia de um grupo de engenheiros sob liderança de Sergei Korolev, o Sputnik começou a nascer no princípio da década de 1950. Em 1954, Korolev recebeu a responsabilidade de produzir o primeiro míssil balístico com alcance intercontinental, algo que pouco lhe interessava.

Um ano mais tarde, conseguiu o que queria: conceber um satélite artificial para explorar o cosmos. Era uma resposta dos soviéticos ao sonho americano de botar com sucesso um satélite em órbita, em celebração ao Ano Geofísico Internacional (1957).

Testes com um parrudo objeto de 1 tonelada deram em fracasso, claro. Depois de muitos ajustes, a equipe de Korolev simplificou as coisas e chegou ao “satélite simples”, o Sputnik.

E tudo valeu a pena naquele 4 de outubro de 1957, quando o míssil balístico R7 partiu da base de Baikonur, no Cazaquistão, transportando o globo semelhante a uma bola de basquete para o Espaço.

E você sabia que o termo “beatnik” tem inspiração no satélite soviético?

Pois é.

Mas essa história fica pra outro dia… Porque todo dia é histórico.

O lançamento:

Reportagem da CBS:

Fontes e +MAIS:

– Wikipedia

– Wikipédia

– oglobo.globo.com

– space.com

– cosmosmagazine.com

– uol.com.br/sciam

– skyandtelescope.com

– sputniknews.com

Anúncios

Fala!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s