Monica Seles conquista terceiro e último título em Paris

Há 25 anos… dia 6 de junho de 1992.

“Olha, por mim pode parar o jogo agora e entregar a taça para os dois!”.

Não lembro exatamente em que momento da transmissão do épico duelo entre Nadal e Federer, na final de Wimbledon de 2008, a espirituosa Maria Esther Bueno soltou a frase acima. Só sei que ela tinha razão.

Pois a descrição de Elliott Almond sobre o que aconteceu 16 anos antes, na quadra central de Roland Garros, vai na mesma linha. Nesse caso, a taça podia ir para AS DUAS: Monica Seles e Steffi Graf.

No momento em que Monica Seles e Steffi Graf realmente começaram a jogar a final do Aberto da França no estádio Roland Garros, estavam emaranhadas em um terceiro set no qual nenhuma entregaria facilmente. 

 

Quando saíram da quadra, cansadas e emocionalmente acabadas, depois de 2 horas e 43 minutos de tênis duro, nenhuma delas jamais se esqueceria o que acontecera na quadra central.

 

Seles ganhou o seu terceiro título consecutivo de French Open superando Graf – 6-2, 3-6, 10-8 -, em uma partida com suficiente drama para um festival de Shakespeare. 

 

O terceiro set manteve os 16.500 espectadores no limite mental por 91 minutos, tanto por suas oscilações emocionais como por sua brilhante ação.

Uma igualmente brilhante narrativa do repórter do Los Angeles Times.

Até hoje, Seles vs. Graf na final em Paris-1992 figura entre os maiores encontros da História da Era Aberta do tênis e, claro, no top 10 de decisões no saibro sagrado – e aí também entram as partidas por caneco entre os homens!

Aos 18 anos, Seles adicionava o terceiro troféu de Roland Garros (1990, 1991 e 1992) à sua prateleira de majors, que já tinha duas conquistas de Australian Open (1991 e 1992) e uma de US Open (1991).

A iugoslava caminhava para um embate espetacular com Steffi Graf pelo trono do tênis feminino.

Então, após somar mais dois títulos de Grand Slam – EUA-92 e Austrália-93 -, Seles teve a carreira brutal e covardemente interrompida por um louco, em abril de 1993.

Mas essa história fica pra outro dia… Porque todo dia é histórico.

Melhores momentos: 

Fontes e +MAIS:

– Wikipedia

– Acervo Estadão

– Acervo Folha

– nytimes.com

– time.com

– sportskeeda.com

Anúncios

Fala!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s