Jimi Hendrix bota fogo na guitarra pela primeira vez

Há 50 anos… dia 31 de março de 1967.

(Antes de Monterey…)

Foi no palco do Finsbury Park Astoria de Londres que o menino brincou com fogo pela primeira vez. E acabou no hospital!

Cinquenta anos atrás, Jimi Hendrix botou sua Fender Stratocaster em chamas diante de uma incrédula plateia na casa de shows da capital inglesa. Ao som de “Fire”, óbvio.

Um happening programado e uma ideia, digamos, coletiva, como conta Bryan Wawzenek no ultimateclassicrock.com:

“[Chas] Chandler, Hendrix e o escritor de rock Keith Altham estavam conversando antes do primeiro show da turnê, no dia 31 de março, no Finsbury Park Astoria de Londres, quando o jornalista sugeriu que seria legal se o guitarrista tocasse ‘Fire’ e então tacasse fogo na guitarra, pra valer. Um roadie foi enviado para comprar um fluido de isqueiro e Chandler tratou de armar o plano.

 

Depois que o Experience terminou ‘Fire’, Hendrix colocou a guitarra no chão, à frente dos amplificadores e foi para a frente do palco, enquanto Mitch Mitchell e Noel Redding continuavam a jam. Enquanto Hendrix estava distraindo a multidão, Chandler encharcou a Stratocaster de fluido. Hendrix agarrou a guitarra, se ajoelhou ao lado dela e, depois de alguns fósforos queimados, acendeu.

 

Devido à quantidade de fluido no instrumento, as chamas subiram a uma altura de mais de um metro, queimando as mãos do guitarrista. O apresentador do show, correndo para apagar o fogo, também sofreu pequenas queimaduras. Ainda que Hendrix fosse capaz de tocar até o final com outra guitarra, foi tratar os ferimentos no hospital logo depois.”

Pois é. Mais uma noite on fire de Jimi! Dessa vez, literalmente.

No dia seguinte, claro que os tabloides ingleses se esbaldaram. Teve um que até chamou o guitarrista de “Black Elvis”…

A performance pirotécnica que ganharia destaque, de fato, aconteceria alguns meses depois, no lendário Monterey Pop Festival.

Mas essa chama, digo, essa história fica pra outro dia… Porque todo dia é histórico.

“Fire”, ao vivo, em Estocolmo:

Fontes e +MAIS:

– ultimateclassicrock.com

– wzlx.cbslocal.com

– dailytelegraph.com.au

– soundidentity.com

– telegraph.co.uk

– g1.globo.com

Anúncios

Fala!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s