Beastie Boys lançam “Licensed to Ill”, o primeiro álbum

Há 30 anos… dia 15 de novembro de 1986.

Beastie Boys lançam "Licensed to Ill", o primeiro álbum

Led Zeppelin, Black Sabbath, AC/DC, The Clash, Steve Miller Band, Creedence Clearwater Revival, Billy Preston, Barry White, War, Kool & the Gang, Kurtis Blow…

Todos eles estão “sentadinhos” nesse Boeing 727 aí em cima: “Licensed to Ill”, o primeiro “voo” de um improvável trio de hip hop de Nova York.

Os Beastie Boys.

Três judeus brancos da Big Apple que se arvoraram adentrar no universo do hip hop. Para provocar uma revolução musical, cultural, comportamental.

O primeiro álbum foi só o pontapé inicial das mudanças que Adam Yauch, Adam Horovitz e Michael Diamond provocariam. “MCA”, “Ad-Rock” e “Mike D”, como seriam conhecidos e reconhecidos.

“Os Beasties nunca foram limitados pelo ethos ‘keep it real and be hard’ do hip hop. Eles nos deram três moleques judeus despretensiosos da cidade de Nova York que não se levaram muito a sério em uma época em que a maior parte do hip hop era seríssima. Eles começaram como garotos do hip hop que nos disseram: ‘You Gotta Fight For Your Right To Party’. Mas, com o passar do tempo, nos mostraram que estavam, sim, falando sério sobre música”.

Eis uma síntese perfeita do trio, oferecida pelo jornalista Touré, em bonito texto por ocasião da passagem de Adam Yauch, “Ad-Rock”, em maio de 2012. O ponto final da História dos Beastie Boys.

Voltemos ao início…

A estreia já mostrava o caminho que seguiriam. Irreverência no estilo, nas letras, (muita) seriedade no conteúdo, na forma, na música.

Você tem de lutar pelo seu direito de festejar!, pediam, na faixa 7, um dos sete singles de “Licensed to Ill”. Humor sempre presente.

Os samplers da turma toda citada ali no parágrafo inicial indicam a profundidade e o conhecimento dos caras com a História da música. Rock, R&B, Soul, Punk, Heavy Metal, Funk… Eles manjavam. E não pouco.

Bom, este escriba fica por aqui nas análises, deixando espaço para gente mais competente esmiuçar o primeiro do histórico trio nova-iorquino. Clica lá embaixo e divirta-se!

Ah, e se ficar alguma dúvida sobre o talento e profundidade musical dos Beasties, ouve The Mix-Up, lançado 11 anos depois do debute. Ganhou só um Grammy de Melhor Disco Pop… Instrumental!

Mas esse álbum e essa história ficam pra outro dia… Porque todo dia é histórico.

O álbum:

Fontes e +MAIS:

– Wikipedia

– Wikipédia

– allmusic.com

– rollingstone.com

– avclub.com

– abcnews.go.com

– ultimateclassicrock.com

Anúncios

Fala!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s