Bob Dylan, capítulo 1: Carnegie Chapter Hall, Nova York

Há 55 anos… dia 4 de novembro de 1961.

Bob Dylan, Carnegie Chapter Hall, Nova York

(Agora, um Nobel! – apesar d’ele “ain’t give a damn” pra isso…)

Cinco décadas e meia atrás, Robert Allen Zimmerman escreveu o capítulo 1 de seu livro, no Carnegie Chapter Hall, o pequeno anexo da famosa casa de concertos da Big Apple.

Antes daquele 4 de novembro, o menino de Duluth, Minnesota, viveu prefácio de eventos mágicos.

Em 24 de janeiro, desembarca na cidade que nunca dorme e se instala no Greenwich Village.

Cinco dias depois, visita o ídolo Woody Guthrie no hospital, em New Jersey.

Em 11 de abril, acompanha ninguém menos que John Lee Hooker no Gerde’s Folk City.

Em 29 de setembro, recebe crítica elogiosa de Robert Shelton, no New York Times.

Em 26 de outubro, assina o primeiro contrato, de 5 anos, com a Columbia Records.

Chegamos, então, ao capítulo 1.

O jovem trovador folk de apenas 20 anos se apresenta para uma plateia um pouco maior que 50 pessoas. Cinquenta testemunhas da História, que pagaram módicos US$ 2 para ver o franzino e tímido Dylan performar 22 canções.

Do setlist, apenas duas de sua autoria – “Song to Woody” e “Talkin’ New York” -, que entrariam no primeiro álbum, assim como os tradicionais folks “Pretty Peggy-O”, “Gospel Plow” e “Fixin’ To Die”, esses já com um toque bem particular, além de “Freight Train Blues”.

Toque especial que ele daria também em “A Long Time a-Growin'”, como destaca o site punkhart.com:

“De longe, a coisa mais impressionante nesta fita é ‘Long Time A-Growin’’, porque Dylan a canta com nada menos que sua voz de Nashville Skyline – oito anos antes de chocar o mundo com a transformação vocal nesse álbum. Obviamente, Dylan era capaz de modificar seu estilo vocal quando a música exigisse já em 1961”.

Teve ainda algumas de Woddy Guthrie, claro, como “1913 Massacre” e “This Land Is Your Land”, entre outras canções de folk e de blues.

Dezesseis dias depois, Bob Dylan adentraria aos estúdios da Columbia para iniciar as gravações do disco de estreia, lançado em março de 1962.

Mas essa história fica pra outro dia… Porque todo dia é histórico.

“A Long Time a-Growin'”:

“Song to Woody”:

“Talkin’ New York”:

Fontes e +MAIS:

– bobdylan.com

– carnegiehall.org

– punkhart.com

– needsomefun.net

– elusivedisc.com

– chromedreams.co.uk

Anúncios

Fala!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s