Jimmy Connors e Chris Evert têm as primeiras vitórias no US Open

Há 45 anos… dia 2 de setembro de 1971.

Eles fizeram história no Grand Slam em casa.

Juntos, os americanos Jimmy Connors e Chris Evert têm 200 vitórias e 11 títulos nos US Open.

Connors soma 102 triunfos e 5 taças. Está no clube dos maiores vencedores, que conta com Pete Sampras e Roger Federer.

Evert chegou a 98 vitórias e levou 6 troféus. É, também, a mais vitoriosa, ao lado da compatriota Serena Williams.

Quarenta e cinco anos atrás, ainda adolescentes, eles estrearam no torneio, ainda disputado em piso de grama, no West Side Tennis Club, em Forest Hills, Nova York. Os dois venceram, mas Evert avançou mais e conquistou corações logo no debute.

Em seu 19º aniversário, o arrojado Jimmy Connors suou para superar o experiente Alex Olmedo, peruano naturalizado americano. Olmedo, 35 anos, bateu o campeão nacional universitário nos primeiros dois sets, com parciais de 6-2 e 7-5.

Quando o duelo parecia perdido para o estreante, houve uma reação surpreendente. Com um 6-4 no terceiro set e um duplo 7-5 nas parciais seguintes, Connors aplicou virada em Olmedo e conseguiu avançar para a segunda rodada.

Na celebração, raquete para cima, gesto que repetiria centenas de vezes no futuro. A alegria durou até a página 2, ou melhor, até a rodada 2. Connors foi derrotado pelo australiano Colin Dibley em três sets (6-4, 6-3 e 6-4) e se despediu.

Já Chris Evert causou frisson logo em sua estreia de US Open, parando somente na semifinal. O revés para a mítica Billie Jean King, futura mentora e um dos grandes nomes da História do tênis mundial, não apagaria a ótima impressão gerada em Forest Hills

Na primeira rodada, Evert “amassou” Edda Buding, romena naturalizada alemã, em apenas 42 minutos de jogo. Com direito a “pneu” no primeiro set e 6-1 na parcial final.

“Nenhuma festa de debutante já produziu uma tenista estreante mais atraente, dentro e fora das quadras”, exaltou o New York Times, sobre a empolgante e cativante Evert.

A fascinação prosseguiu e se multiplicou nos jogos seguintes. Nas quartas, a australiana Lesley Hunt, já com relativa experiência no circuito, não suportou a pressão das arquibancadas na quadra principal. “Posso vencer Chris Evert, mas não 12 mil pessoas”, disse, após os 2 a 1.

Nascia uma estrela.

Depois, tanto Chris Evert quanto Jimmy Connors se consagrariam de vez no US Open. Ela levaria a primeira das seis taças em 1975. Ele, em 1974. Fora das quadras, também viveriam romance que quase acabou em casamento.

Mas essas histórias ficam pra outro dia… Porque todo dia é histórico.

Chris Evert é entrevistada no US Open:

Trechos da final de 1974, primeiro título de Connors no Grand Slam:

Fontes e +MAIS:

– Wikipedia

– straightsets.blogs.nytimes.com

– tennis-buzz.com

– tennis.com

Anúncios

Fala!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s