Último Larry King Live vai ao ar na CNN

Há 5 anos… dia 16 de dezembro de 2010.

Último Larry King Live vai ao ar na CNN

“I — I am — I don’t know what to say except to you, my audience, thank you. And instead of good-bye, how about so long?”

Extremamente emocionado, ele disse adeus. Ou melhor, “até logo”!

Há cinco anos, o último Larry King Live foi ao ar na CNN. Por 25 anos, o apresentador da voz grave e jeito direto conduziu o programa de entrevistas com uma hora de duração e o transformou na mais longeva atração do canal de Ted Turner.

No derradeiro show, Larry King teve a companhia de Bill Maher e Ryan Seacrest como co-apresentadores, além de presenças ilustríssimas, como Bill Clinton e Barack Obama.

“Você diz que seu papel é só fazer perguntas, mas para gerações de norte-americanos, as respostas a essas perguntas nos surpreenderam, nos informaram, e nos abriram os olhos para o mundo além de nossas salas de estar. Então, obrigado, Larry, e boa sorte”, disse o presidente dos Estados Unidos, em recado gravado.

Direto de seu estado, o Arkansas, Clinton entrou ao vivo, assim como o então governador da Califórnia, Arnold Schwarzenegger, que anunciou o dia 16 de dezembro como “Larry King Day”. King brincou com ele, dizendo “I’ll be back”, a famosa frase de “Exterminador do Futuro”.

De Nova York, Barbara Walters, Diane Sawyer, Katie Couric e Brian Williams, os âncoras da CNN, também disseram algumas palavras, a exemplo de Donald Trump, o hoje controverso pré-candidato republicano às eleições presidenciais de 2016.

O programa final teve audiência de 2,24 milhões de pessoas, mais do que o triplo da média (672 mil). A maior audiência ao longo de duas décadas e meia aconteceu em 1993, em um debate entre Al Gore e Ross Perot sobre o NAFTA. Mais de 11 milhões de lares americanos estavam sintonizados.

Apesar das muitas críticas sobre ser um apresentador “amigo” dos entrevistados e não fazer perguntas duras, Larry King – com o perdão do trocadilho! – reinou na CNN. Seu programa se mantém como o mais visto na história de 35 anos da emissora.

Muitos episódios marcaram o Larry King Live, como a vez em que Marlon Brando deu um beijo na boca do entrevistador ou quando Oprah Winfrey anunciou, pela primeira vez, seu apoio ao então possível candidato dos democratas, Barack Obama.

Mas essa(s) história(s) fica(m) pra outro dia… Porque todo dia é histórico.

Trechos do último Larry King Live:

Fontes e +MAIS:

Wikipedia

– IMDb

– history.com

– cnn.com

– edition.cnn.com

– g1.globo.com

Fala!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.