A história da claque

Há 65 anos… dia 9 de setembro de 1950. 9set

POR CAROL ZOCCOLI *

A comédia foi inventada por acaso. Na Grécia Antiga só existia a Tragédia até 2.576 a.c., quando a Grécia sofreu a Crise da Invasão das Focas. As focas começaram a proliferar no Mar Mediterrâneo, ninguém sabia explicar por quê, pois na época não havia faculdade de ecologia. Como você sabe, o teatro era feito a céu aberto na Grécia Antiga, então enquanto os gregos assistiam as tragédias, as focas ficavam ali do lado.

Um dia, no momento em que Édipo arrancava os próprios olhos, uma foca por algum motivo começou a bater palmas e os atenienses pensaram que era uma pessoa fazendo aquele barulho. Pela lei do “se tá todo mundo fazendo eu vou fazer também” as pessoas passaram a bater palmas. Nascia a palma no teatro. Um outro dia, enquanto assistia uma tragédia, um grego olhou pro lado e tinha uma foca sentada com os bracinhos cruzados, como se estivesse envolvida com as agonias de Lisístrata e sua greve de sexo. O grego achou aquilo muito engraçado e começou a rir. Ainda pela lei do “se tá todo mundo fazendo eu vou fazer também”, as pessoas acharam que tinham que rir. Entendeu-se que o riso era uma resposta à peça que estava acontecendo, então criou-se um gênero teatral cuja resposta deveria ser o riso. Assim nascia a comédia.

9set2

Focas batendo palma no teatro (reconstituição da história)

9set3

Foca prestando atenção em uma peça de teatro (reconstituição da história)

Porém, as peças não eram realmente engraçadas, assim como os seus derivados – os programas de TV – nunca foram.  Para gerar o riso é preciso ter alguém rindo. Por isso, no começo da TV, os programas eram gravados com uma plateia, para que o riso dessa plateia incitasse o riso no espectador em casa. Mas isso era muito caro, porque se você tem um público sentado por um determinado número de horas você tem que dar um lanche. E lanche, meu amigo, não é barato. E quando o pessoal tava com fome, não tinha Cristo que fazia eles rirem.

Então um cara, Charles Douglass, inventou uma máquina de risos, com diferentes tipos de risos, para ser usado nos programas de TV e economizar a grana do lanche.

Porém nos dias de hoje essa juventude muda tudo e a gente não entende nada, e eles não querem usar mais a claque. Muitos programas de TV hoje em dia já não usam a claque. E onde a gente vai rir? Eu não sei, você não sabe. Assiste um vlog que você vai ter certeza que você não sabe em que momento deve rir. Mas a juventude tá rindo por aí, então parece que a gente tem que rir também… 

[Em uma edição especial, o blog permitiu-se apresentar uma ficção baseada em fatos reais. Antes que você se pergunte, sim, há 65 anos utilizou-se mesmo a claque pela primeira vez, as risadas falsas ao fundo que sabe-se lá de onde vêm. O invento do tal Charles Douglass estreou, em 1950, no programa de comédia americano The Hank McCune Show, e, ligando a TV, qualquer um vê a febre que virou (rs)]

* Carol Zoccoli, 36, é atriz, comediante, filósofa e roteirista. 

Assista aqui ao funcionamento da máquina de risos!

Fontes:

Wikipedia – Laugh track

Wikipedia – Hank McCune Show

Youtube – a máquina de risos

Youtube – sitcoms sem a máquina

Laughlab

Archive of American Television

Anúncios

Fala!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.