Pete Townshend escreve “My Generation”

Há 50 anos… dia 19 de maio de 1965.

Pete Townshend escreve “My Generation”

Era seu 20º aniversário.

Jovem de tudo, Pete não via motivos para comemorar a data, apesar de coisas bacanas que aconteciam em sua vida. Sua banda, por exemplo, já começava a aparecer no efervescente cenário do rock britânico. Mas Pete estava perdido. Sem saber o seu lugar no mundo nem a direção a seguir. Sentimentos próprios de um adolescente.

Pra completar, tinha de viajar para Southampton, a mais de 100 km de Londres, e estava sem carro. Seu Packard Hearse modelo 1935, comprado por módicas 30 libras, tinha sido rebocado e levado de vez… pela Rainha-mãe!

A mãe de Elizabeth II não gostava de ver o carro diariamente estacionado em rua próxima ao Palácio de Buckingham, onde ela passava também quase todo dia. O bólido trazia recordações do marido, Rei George VI, falecido havia mais de uma década. Então, um belo dia, Pete não encontrou o carro mais lá.

Sem dinheiro para comprar outro, ele foi de trem para a cidade portuária ao sul da capital. Na viagem, a cabeça girava: a 20ª primavera, a banda, o futuro, o Packard Hearse, a Rainha-(filha da)mãe! Do tufão mental, nasceram versos. Um dos mais poderosos rocks da História.

É. Não fosse pela Rainha-mãe, talvez nunca tivesse existido “My Generation”. Não fosse a Rainha-mãe e o próprio The Who talvez nunca tivesse continuado e se tornado uma das mais fantásticas bandas de rock and roll de todos os tempos.

Cheers, Queen Mother! 

“’My Generation’ era muito sobre a tentativa de encontrar um lugar na sociedade. Eu estava muito, muito perdido. A banda era jovem também. Acreditava-se que a nossa trajetória seria incrivelmente breve”, contou Pete Townshend em entrevista à Rolling Stone, em 1987.

A composição nascida naquele 19 de maio passaria por inúmeras transformações até ser gravada e lançada, em outubro daquele 1965. O riff de abertura de Townshend, a “gagueira” inventada por Roger Daltrey, o solo de baixo de John Entwistle…!

Mas essa história fica pra outro dia… Porque todo dia é histórico.

Em tempo: salve, Pete Townshend! Feliz 70! E viva The Who! Viva o rock!

Ouça uma demo de “My Generation”:

Fontes:

Wikipedia

rollingstone.com

songfacts.com

– newportcityradio.org

history.com

thisdayinmusic.com

Fala!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.