Paul Pender vence Sugar Ray Robinson em Boston

Há 55 anos… dia 22 de janeiro de 1960.

Paul Pender vence Sugar Ray Robinson em Boston

A realização diária do efemérides, além de um prazer (e de um trampinho!) danado, faz a gente descobrir estórias e esbarrar com fatos, personagens e eventos então desconhecidos para este que vos escreve.

É o caso do post de hoje.

Pouco conheço de boxe, apesar de ter muito texto sobre a nobre arte por aqui. É porque o esporte tem muitas narrativas fascinantes, enredos e tramas extraordinários, dignos de um roteiro de Rocky Balboa.

Paul Pender, por exemplo. O ex-bombeiro que bateu Sugar Ray Robinson. Duas vezes! Dá uma olhada no obituário dele, publicado no Guardian em 22 de fevereiro de 2003:

“Paul Pender não apenas impôs uma das maiores surpresas do boxe, ao derrotar – por pontos – Sugar Ray Robinson para reivindicar a coroa dos médios, em janeiro de 1960; ele provou que tinha sido por acaso ao novamente derrotar Robinson na revanche, cinco meses depois. Apesar disso, e um par de suados triunfos sobre o eternamente popular Terry Downes, Pender – que morreu aos 72 anos – continua sendo um dos campeões mais esquecidos do boxe. Seu nome invariavelmente é eclipsado pelas façanhas de outros reis da categoria, como Rocky Graziano, Jake la Motta e Randolph Turpin”.

Exatos 55 anos atrás, Pender surpreendeu o mundo do boxe ao vencer a lenda Sugar Ray Robinson e ficar com o cinturão dos médios. Deu no The Schenectady Gazette – hoje The Daily Gazette:

“Paul Pender, um desconhecido ex-bombeiro de Brookline, Massachusetts, azarão com 5-1 na bolsa de apostas, venceu a versão do título mundial dos médios esta noite, ao derrotar Sugar Ray Robinson por pontos após 15 rounds, no Boston Garden”, escreveu John Hand.

Pender conquistava o cinturão mundial dos médios, reconhecido apenas pelos estados de Nova York e Massachusetts, além da revista The Ring, já que a NBA – National Boxing Association – tirara o título de Robinson por inatividade (o campeão ficou 22 meses parado antes de encarar Pender). história longa e complexa…

Voltando ao embate… Foi uma contenda travada. Pender procurou manter distância do veterano campeão de 39 anos, conseguiu ser pouco agredido por causa da boa movimentação e ainda aplicou golpes precisos em Robinson.

Ao final dos 15 assaltos, o juiz Joe Zapustas apontou vitória do campeão (146-142), mas os outros dois juízes – Joe Santoro e John Norton – deram o triunfo para Pender: 147-138 e 148-142, respectivamente. Com 10.608 espectadores, o Boston Garden foi abaixo.

“Eu acho que ele venceu”, protestou George Gainford, técnico de Sugar Ray Robinson. “O que eu penso sobre o veredito não tem a mínima importância. Para isso que servem os juízes”, disse um resignado e sereno Robinson.

Menos de cinco meses depois, lá estavam os dois frente a frente de novo. Mais uma vitória de Pender. Mais uma vez, por pontos.

Mas essa história fica pra outro dia… Porque todo dia é histórico.

Resumo da primeiro vitória de Pender sobre Robinson:

Fontes:

– boxrec.com

– news.google.com

– a.espncdn.com

– Wikipedia

Anúncios

Fala!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s