O histórico show do Led Zeppelin no Royal Albert Hall

Há 45 anos… dia 9 de janeiro de 1970.

O histórico show do Led Zeppelin no Royal Albert Hall

POR PAULO SENE*

Aconteceu nos primeiros dias de 1970, mais precisamente 45 anos atrás. O Led Zeppelin tocou no Royal Albert Hall e mostrou para todos que seria a banda da década nascente.

Todos mesmo! Na plateia, figuras como Eric Clapton, Jeff Beck e John Lennon engrossavam o coro e pediam o bis. Na verdade, dois longos bis, cerca de 15 minutos cada! E uma ovação unânime de mais de meia hora, em que todos pareciam em estado de graça. E pedindo por mais!

Depois do show, Jimmy Page, que celebrava o 26º aniversário naquela noite, confessou que a banda estava um pouco nervosa com as ilustres presenças. Mas, após sentir a vibe de todo mundo e ver que todos dançavam e vibravam tanto, o quarteto relaxou e mandou ver.

Por sorte, o show foi filmado com uma equipe profissional e está disponível para nós, meros mortais, que não tivemos o privilégio de assistir o “amálgama” Page-Plant-Bonham-Jones. Pra mim, são poucas as bandas que conseguem atingir esse estágio (umas 3 ou 4, na verdade).

Um set list brilhante e novinho, com pérolas inesquecíveis (“Heartbreaker”, “Dazed and Confused” e “Since I’ve Been Loving You”) e momentos memoráveis, como o solo de Bonham em “Moby Dick”, tornaram todos os presentes em testemunhas do que estaria por vir.

Em um depoimento, Page comentou: “Íamos encerrar com ‘The Lemon Song’, mas a galera não parava de pedir mais, eu mandava mais um riff e tocávamos mais 10 minutos… foi demais!”.

O show foi icônico. Lançado em DVD em 2003, o concerto catapultou a banda para o Olimpo do rock’n’roll. Destaque para a performance absurda em “Whole Lotta Love” – que atingiria #4  nas paradas americanas -, na minha humilde opinião o melhor riff de guitarra de todos os tempos.

Curta aí (ah, em película e em vários ângulos!)

Seminal, definitivo, maravilhoso.

* Paulo Sene, fã de pré, pós e punk, fotógrafo nas horas vagas e viciado em bicicleta.

“Whole Lotta Love”:

Fontes:

– ledzeppelin.com

– openculture.com

– rollingstone.com

Anúncios

Fala!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s