Morre o inventor Léon Theremin

Há 20 anos… dia 3 de novembro de 1993.

3nov13

Quem conhece um pouco de história da música, já ouviu falar o nome dele.

Ao menos, já ouviu falar do instrumento que leva o nome dele.

Lev Sergeyevich Termen foi um engenheiro, cientista e inventor russo nascido em São Petersburgo, em 15 de agosto de 1896. No entanto, ficou mais conhecido pelo nome Léon Theremin. Ele foi o criador de um dos primeiros instrumentos musicais eletrônicos, o teremin, em 1919.

Para chegar até a invenção do famoso instrumento, Theremin percorreu uma longa estrada: estudou física, astronomia e música na Universidade de São Petersburgo. Continuou os estudos de física no Instituto Físico-Técnico de Petrogrado, onde chegou ao cargo de diretor do Laboratório de Osciladores Elétricos, em 1919.

Para se distrair da rotina acadêmica do Instituto, Theremin começou a trabalhar no invento de um instrumento musical. A partir de um oscilador de Lee De Forest, desenvolveu um aparelho controlado pela distância das mãos de uma antena vertical e de outra horizontal e circular. Nascia o teremin.

Theremin resolveu abandonar a faculdade para divulgar a sua invenção. Em 1920, teve a honra de mostrar o invento a nada mais nada menos do que Vladimir Ilitch Lenin, líder da Revolução Russa. Em uma sala do Kremlin, Theremin ensinou Lenin a usar seu instrumento e impressionou o líder bolchevique.

Também mostrou o teremin aos músicos da orquestra sinfônica de Praga e, em outra ocasião, causou grande impacto ao se apresentar em show do famoso ilusionista Houdini. Chegou a excursionar com o mágico por países dos Bálcãs e da Ásia.

Depois de rodar o mundo mostrando o invento, Theremin obteve patente nos Estados Unidos, em 1928. Quatro anos depois, o teremin foi o primeiro instrumento musical eletrônico em uma orquestra sinfônica, no Carnegie Hall, em Nova York. Nesse período, o inventor russo ganhou bastante destaque entre músicos.

Em 1938, retornou à União Soviética de Stalin por motivos desconhecidos e acabou preso, acusado de ser um contrarrevolucionário. Passou oito anos na prisão, de 1939 até 1947. Livre, trabalhou a serviço do governo e, isolado do mundo, não ficou sabendo do sucesso do teremin nos Estados Unidos.

Nos anos 1950 e 1960, o instrumento começou a ser usado em trilhas de filmes de ficção científica e em sucessos de Alfred Hitchcock. Nos anos 1960, também apareceu no mundo da música, em sucessos como “Good Vibrations”, dos Beach Boys, e em “Echoes”, do Pink Floyd.

Em 3 de novembro de 1993, Léon Theremin morreu em Moscou, aos 97 anos. Deixou um legado de inspiração a inúmeros inventores, como Robert Moog, que criou o sintetizador.

Mas essa história fica pra outro dia… Porque todo dia é histórico.

Veja Léon Theremin tocando o teremin:

Fontes:

– Wikipedia

– bbc.co.uk

Anúncios

Fala!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s