Morre o artista Sérgio Viotti

Há 5 anos… dia 26 de julho de 2009.

Morre o artista Sérgio Viotti

artista

ar.tis.ta

adj m+f (arte+ista) 1 Aplicador da arte. 2 Engenhoso. 3 Astucioso, manhoso. s m+f 1 Indivíduo que se dedica às belas-artes. 2 Aquele que faz da arte meio de vida. 3 O que revela sentimento artístico. 4 Artesão, artífice. 5 Dir trab Em face da lei, é o bailarino, músico, artista de teatro, circo e variedades e, mesmo, o atleta profissional, como o jogador de futebol. A. dramático: ator que representa em dramas. Col: elenco, grupo. 

As definições do Michaelis são diminutas para compreender Sérgio Viotti. Nem se existissem mais 500… Ele foi mais do que um artista.

Um ano antes de morrer, esteve no ótimo Provocações, de Antônio Abujamra. Na apresentação do convidado, o sempre provocativo Abu quase perdeu o fôlego:

“Ele, que ri e parece se renovar a cada dia, é um dos exemplos mais completos de artista nos multimeios deste País. Nunca precisou dividir o clipe pra isso! Foi crítico de teatro, crítico de dança, editor do suplemento de Artes do Estadão, autor e diretor de rádio e televisão, autor, ator, diretor de teatro, tradutor, escritor… dizer que gosta muito do teatro de Shakespeare, a música de Mahler não quer dizer nada, não quer dizer muito para quem não entende dessas coisas. Eu vou dizer o seguinte: ele é um dos maiores atores deste País. Ator de novelas, minisséries e dos palcos. Na televisão, ele já interpretou de tudo! Interpretou, por exemplo, o clero inteiro: de padre a papa! Ele é Sérgio Viotti.”

Ufa!

Fora tudo isso, Sérgio Viotti fez mais. “Interpretou” papéis um tanto desconhecidos do grande público. Por exemplo: trabalhou na BBC, em Londres, de 1949 até 1958. Quando retornou, assumiu a Rádio Eldorado até 1977. Somente uma das facetas deste multiartista.

Nascido Sérgio Luiz Viotti, em São Paulo, a 14 de março de 1927, mudou-se para o Rio de Janeiro e logo se envolveu com as artes. Literatura e teatro, de início. A televisão, posteriormente, e pela qual se tornou mais conhecido e reconhecido. Rádio, jornal, revista…

Não importa o ambiente, ele transitou por todas as esferas de produção. No teatro, interpretou, escreveu, traduziu, adaptou, dirigiu, produziu. Na televisão, foram 17 novelas e 5 minisséries. Ainda fez cinema, atuando em 4 filmes.

De fato, Sérgio Viotti fez tudo. E o coração parou em 25 de julho de 2009. Tinha 82 anos.

“Quando me perguntam o que eu acho que é a morte, sempre digo que a morte é o fim de todas as perguntas. É a hora em que você diz: Ai, meu Deus, então era isso?”

Assista a primeira parte de Provocações com Sérgio Viotti:

Fontes:

Acervo Estadão

itaucultural.org.br

Anúncios

Fala!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.