Alice Cooper realiza primeira turnê no Brasil

Há 40 anos… dia 30 de março de 1974.

30mar14

Nunca antes na História um astro internacional do rock havia pisado no solo desse País.

Coube a Vincent Damon Furnier a missão de desbravar as terras tupiniquins com o bom e velho rock and roll. Bem, um pouquinho mais que good old

Afinal, estamos falando de Alice Cooper.

Ele estava no auge. Com um misto de música pesada, teatro, performance e muito terror (com direito a guilhotinas e sangue no palco!), enchia teatros e casas de shows por onde passava.

No Brasil, não foi diferente. Bem, foi mais. Foi loucura total!

Era a primeira turnê pela América do Sul. Alice Cooper desembarcou no dia 28 de março no Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas, e logo rumou para São Paulo, onde chegou ao meio-dia em Congonhas.

No dia seguinte, uma coletiva virou a capital paulista de cabeça pra baixo. O artista e a banda chegaram com uma hora de atraso, porque centenas de fãs seguiram o carro de Alice do Hotel San Raphael, no centro, até o local da entrevista, um restaurante na rua Sete de Abril. Simpático e sorridente, ele tomou cerveja brasileira e disse que seu desejo era se divertir por aqui.

No dia 30 de março de 1974, Alice Cooper viu o que era diversão. Aquele show no Salão de Exposições do Anhembi está na história por diversos motivos, o principal deles, sem dúvida, é o público. Falam em 80 mil, 100 mil e até 158 mil pessoas! Um mar de gente.

A lotação se tornou um problema quando Alice e banda entraram no palco. A turma do fundão correu para se posicionar na frente e houve um princípio de confusão, já que o pessoal do gargarejo, sem saída, teve de subir em cima do palco. A polícia entrou em ação e a ameaça de que não haveria espetáculo freou o ímpeto dos fãs.

Assim, Alice Cooper retornou e realizou performance épica. Decapitou bonecas, foi eletrocutado e guilhotinado, tudo conforme o roteiro macabro de seu teatro de horror. O script trash ainda teve “Pra Frente Brasil” nos altos falantes, ao final do show. Com direito a coro do público que deixava o Anhembi.

O “godfather do shock rock” ainda se apresentou em São Paulo outros dois dias (31 de março e 1º de abril), no Palácio de Convenções, também no Anhembi. Depois, seguiu para o Rio e fez shows no Canecão (dia 5) e no Maracanãzinho (dia 6).

Mas o show do dia 30 ficou na História.

Ele voltaria ao Brasil em outras quatro ocasiões, a última em 2011.

Mas essa história fica pra outro dia… Porque todo dia é histórico.

Em tempo: agradecimento para a equipe do site oficial do Alice Cooper, que traduziu e divulgou este post por lá! Leia!

Mais sobre a passagem de Alice Cooper pelo Brasil:

Fontes:

– blogs.estadao.com.br

– luizwoostock.blogspot.com.br

– Acervo Estadão

Anúncios

Fala!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s