Neymar estreia pelo Santos

Há 5 anos… dia 7 de março de 2009.

7mar14

POR RENAN PRATES*

Pouca gente pode ter percebido, mas hoje faz cinco anos de uma data muito especial para os santistas: o primeiro jogo de Neymar com a camisa profissional do clube.

Garoto franzino, de apenas 17 anos e cabelos raspados, Neymar virou uma esperança precoce de uma época de vacas magras para o torcedor santista, acostumado somente ao protagonismo estadual, depois das saídas de Robinho, Diego e Companhia. Quadro que mudaria em 2010, já com Neymar e Ganso no comando…

O técnico era Vagner Mancini. E o ataque naquele jogo, acreditem, tinha um só nome: Roni. O veterano que atuava de ponta foi improvisado como centroavante, tal a falta de opções da equipe.

O cenário era todo propício para a entrada de Neymar: um Pacaembu com mais de 20 mil pessoas, uma torcida ansiosa pela estreia do menino, que já valia milhões mesmo sem ter vestido o manto alvinegro profissional.

O time que entrou em campo naquela noite também colaborou, pois rendeu muito pouco e despertou a ira da torcida, incomodada com a falta de efetividade no ataque de um Santos escalado no 3-6-1.

Foi aí que Mancini resolveu usar as cartas que tinha e promoveu a entrada do garoto Neymar, aos 14 minutos do segundo tempo, no lugar do meia colombiano Molina. O Santos passou a atuar no 3-5-2. O menino prodígio incendiou a torcida e, consequentemente, o time.

Neymar mostrou a mesma personalidade que já havia demonstrado quando estreou na Copa São Paulo, um ano antes, dia 10 de janeiro. Participou da goleada por 5 a 1 sobre o modesto Barra do Garças-MT com duas assistências, mesmo entrando no segundo tempo. No lugar de um tal Paulo Henrique, que já vestia a 10 daquela equipe eliminada nas quartas de final da Copinha.

No Pacaembu, logo em um dos seus primeiros toques na bola, Neymar partiu para cima do adversário e cruzou. A bola caprichosamente bateu nas duas traves e não entrou. Foi o suficiente para encantar o torcedor santista.

O resultado do jogo – 2 a 1, gols de Roni e Madson -, válido pelo Campeonato Paulista, acabou sendo secundário, assim como o adversário da partida, o Oeste. O que valeu foi o pontapé inicial de uma trajetória que depois renderia uma Libertadores, uma Copa do Brasil, três Paulistas, milhões em marketing e uma admiração eterna…

Aquele garoto fadado a craque faria o primeiro gol com a camisa do Santos oito dias depois, no mesmo Pacaembu, contra o Mogi Mirim.

Mas essa história fica pra outro dia… Porque todo dia é histórico.

* Renan Prates é jornalista do UOL Esporte. Trabalhou na cobertura dos quatro grandes clubes paulistas e em jogos da seleção brasileira. Vai poder contar aos filhos e netos que estava no Pacaembu naquele 7 de março de 2009… Escreve no Blog do Renan Prates.

Veja imagens da estreia de Neymar, desde a arquibancada do Pacaembu:

Fontes:

Acervo Estadão

mais.uol.com.br

Anúncios

2 comentários sobre “Neymar estreia pelo Santos

Fala!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s