XV de Piracicaba, 100 anos

15 de novembro de 1913

15nov13

No basquete e futebol

É motivo de vaidade

Pioneiro da lei do acesso

Engrandece nossa cidade

Há 100 anos, o Esporte Clube XV de Novembro engrandece a cidade de Piracicaba, no interior do estado de São Paulo.

O querido Nhô Quim celebra o centenário com uma bonita história, iniciada no princípio do século passado, período próspero para a cidade.

Fundada em 1767, Piracicaba fica a 164 km da capital paulista. No início do século 20, era a quarta maior cidade do estado e vivia momento de desenvolvimento, principalmente por causa da fundação da Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” (ESALQ), em 1901.

Na época, havia dois times de futebol amador, comandados por duas famílias piracicabanas. A família Pousa era responsável pelo Esporte Clube Vergueirense. Já os Guerrini tinham o 12 de outubro.

Diz a história que, em outubro de 1913, as famílias se reuniram para formar um único clube para representar a cidade de Piracicaba. Convidaram Carlos Wingeter, renomado dentista e capitão da Guarda Nacional, para ser o presidente do clube que se formava. Wingeter aceitou o convite, mas sob uma condição: o nome teria de ser XV de Novembro, em homenagem à data da Proclamação da República, 24 anos antes.

Em 15 de novembro de 1913, nascia o Esporte Clube XV de Novembro de Piracicaba. (O clube homônimo da cidade de Jaú, também no interior de São Paulo, foi fundado em 1924!).

Nos primeiros anos, o XV existiu como um clube amador e conquistou títulos no interior do estado. Em 1948, veio o primeiro título profissional: campeão paulista da segunda divisão, hoje conhecida como série A2. No ano seguinte, o clube disputou o Paulistão entre os grandes, na elite futebol de São Paulo.

Na década de 1950, o Nhô Quim chegou a ser a quinta força do estado em 1952 e 1958, anos em que terminou o Campeonato Paulista atrás somente de São Paulo, Palmeiras, Corinthians e Santos.

O maior feito aconteceu em 1976, quando o clube chegou ao vice-campeonato paulista, derrotado pelo Palmeiras na final (1 a 0, gol de Jorge Mendonça). O principal nome do time era Nardela, que depois brilharia no Joinville, de Santa Catarina.

O vice permitiu ao XV participar do Campeonato Brasileiro de 1977. O time fez um bom campeonato e chegou até a penúltima fase. Em nível nacional, a maior glória foi a conquista do Brasileiro da série C, em 1995.

Depois de 16 anos afastado da elite do futebol paulista, o Nhô Quim retornaria à primeira divisão em 2012, com o título da série A2 de 2011 em cima do Guarani. Com a 16ª colocação no torneio de 2012, o time escapou de novo rebaixamento por pouco. Em 2013, o bom desempenho e o 10º lugar coroaram o centenário do XV de Piracicaba.

XV que também é conhecido pela força no basquete, uma história que começou em 1954, ano de fundação do time das quadras. Em 1957 e 1960, foi campeão paulista masculino, no time que contava com craques como Wlamir Marques e Pecente, campeões mundiais com o Brasil. O time feminino tem três títulos estaduais: 1962, 1964 e 1966.

No campo ou na quadra, vida longa ao simpático Nhô Quim.

Ouça o hino do XV de Piracicaba:

Fontes:

Wikipédia

futebolpaulista.com.br

basquetexv.com.br

Fala!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.