Os parceiros

vina_100

Vinicius de Moraes teve quatro grandes parceiros na música: Tom Jobim, Baden Powell, Carlinhos Lyra e Toquinho.

Teve, ainda, diversos parceirinhos, como gostava de chamar.

O efemérides vai procurar recordar a história e as histórias por trás das parcerias do poetinha.

A primeira canção de Vinicius foi uma parceria.

Composto em 1928 e gravado em 1933, o foxtrote “Loura ou Morena” teve os irmãos Paulo e Haroldo Tapajoz como parceiros e intérpretes. É a primeira letra de música gravada de Vinicius de Moraes.

Sobre parcerias, José Castello escreveu, brilhantemente:

Vinicius disse muitas vezes que seu amor pelas parcerias começou junto com o amor pela música. Em 1954, depois de lançar a primeira edição da Antologia Poética, teve uma crise espiritual. “Peguei aquele livro pronto e senti que tudo o que fizesse seria apenas repetição”, relatou depois. Decidiu, ali, se tornar letrista e saiu em busca de um parceiro – como um menino, em busca de um irmão ideal. A música o alçou a um novo tipo de espiritualização, em que o espiritual só serve quando está encarnado no real. Buscou em cada parceiro uma espécie de espelho, uma figura que o completasse, que caminhasse com ele em sua luta, sempre rigorosa contra melancolia que, até o fim, ameaçou triunfar. Mas Vinicius fez da tristeza, que não tem fim, a sua musa. E por isso pôde, como poucos, acariciar a felicidade.

Os parceiros

Ouça “Loura ou Morena” na voz dos Irmãos Tapajoz:

Fontes:

– viniciusdemoraes.com.br

– Vinicius de Moraes – Livro de Letras, de José Castello

Anúncios

Fala!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s