Arthur Ashe vence primeiro US Open da Era Aberta

Há 45 anos… dia 9 de setembro de 1968.

9set13

Rafael Nadal ou Novak Djokovic. O vencedor do grande jogo de logo mais, no Arthur Ashe Stadium, em Nova York, além da glória da conquista de um Grand Slam, vai embolsar a gorda quantia de US$ 2,6 milhões.

Em 1968, neste mesmo dia, o homem que dá nome à quadra principal em Flushing Meadows venceu o primeiro e único US Open de sua carreira. Arthur Ashe bateu o holandês Tom Okker por 3 sets a 2 e se consagrou em quadra, na época com piso de grama. Fora, o adversário levou muito mais dinheiro pra casa: enquanto Okker embolsou US$ 14 mil por dia, Ashe ganhou míseros US$ 20!

O tênis vivia o primeiro ano da Era Aberta e ainda havia distorções e diferenças. Ashe ainda era um atleta amador e recebia pouco. Okker era profissional e já conseguia viver do esporte. Aos poucos, tudo foi se acertando.

O ano que não terminou também foi revolucionário no tênis. A Era Aberta permitiu que tenistas profissionais disputassem os torneios com amadores. Antes de 1968, somente atletas amadores disputavam os campeonatos e era proibido receber dinheiro.

A partir da década de 1930, para burlar a regra, foram criadas turnês para profissionais contratados, proibidos de jogarem os torneios da Federação
Internacional de Tênis (ITF). Em 1968, tudo foi colocado às claras e profissionalizado.

O primeiro torneio da Era Aberta foi realizado em abril de 1968, na cidade de Bournemouth, Inglaterra. Em 27 de maio, começava o primeiro Grand Slam do tênis professional, o charmoso Roland Garros, no saibro de Paris.

Desde 1968, tudo mudou no tênis. Calendário, transmissão de TV, patrocínio e, claro, premiação. O US Open deste ano, por exemplo, dará um total de US$ 34,3 milhões. No ano do título de Arthur Ashe, a premiação total foi de US$ 100 mil.

Ainda amador, Arthur Ashe ganharia seu segundo Grand Slam em janeiro de 1970, quando faturou o Australian Open com vitória por 3 sets a 0 sobre o tenista local Dick Crealy. Meses depois, se tornaria tenista profissional, com contrato e tudo.

Em 1972, seria um dos líderes do movimento para a formação da ATP, a Associação dos Tenistas Profissionais.

Mas essa história fica pra outro dia… Porque todo dia é histórico.

Veja lances do primeiro set da final de 1968 do US Open:

Fontes:

Wikipedia

revistatenis.uol.com.br

estadao.com.br

Anúncios

Fala!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s