PSV Eindhoven, 100 anos

31 de agosto de 1913

PSV_Eindhoven_escudo

Tudo começou em 1910.

Com o objetivo de estimular a prática de atividades físicas pelos funcionários, a Philips criou o Philips Elftal. Três anos depois, greves e problemas financeiros desmontaram o time de futebol, mas levaram ao nascimento de outro: o Philips Sport Vereniging, ou simplesmente PSV.

Naquele 31 de agosto de 1913, a Philips organizava eventos para a celebração do centenário de independência da Holanda. A mudança definitiva de nome de Philips Elftal para Philips Sport Vereniging – que significa, em tradução livre, União de Esportes Philips – veio somente em 1916.

Hoje, cem anos depois, a pequena Eindhoven, ao sul da Holanda, com pouco mais de 200 mil habitantes, pode se orgulhar do clube que tem uma bonita história no futebol holandês, europeu e mundial.

São mais de 40 títulos, entre Campeonato Holandês, Copa da Holanda, Copa da UEFA (hoje Liga Europa) e Copa dos Campeões da Europa, a atual Liga dos Campeões.

No âmbito nacional, são 21 taças de Campeonato Holandês, a Eredivise. O maior campeão é o Ajax, com 32 conquistas. Ultimamente, o clube de Amsterdã tem se dado melhor. É o atual tricampeão. O último título do PSV foi na temporada 2007/2008. O primeiro troféu nacional veio em 1929.

O PSV foi o primeiro clube holandês a participar da Copa dos Campeões da Europa (hoje Liga dos Campeões), já na edição inicial, em 1955. No continente, a primeira conquista aconteceu na temporada 1977-1978, quando derrotou o Bastia, da França, em dois jogos (0 a 0 e 3 a 0), e ficou com a taça da Copa da UEFA.

Em 1988, Guus Hiddink comandou o clube para sua máxima glória, a Copa dos Campeões. Depois de empate sem gols no tempo normal e na prorrogação, o PSV bateu o Benfica por 6 a 5 nos pênaltis e se consagrou campeão europeu.

A temporada 1987-1988 ficará para sempre na memória dos torcedores do PSV, pois marcou a conquista da Tríplice Coroa (Copa dos Campeões, Campeonato Holandês e Copa da Holanda).

Aliás, a década de 1980, em que levou o tetracampeonato holandês (de 1986 a 1989), foi a melhor da história do PSV. O tetra nacional foi igualado nos anos 2000, de 2005 a 2008.

Holandeses ou estrangeiros, grandes jogadores vestiram a camisa branca e vermelha do PSV. Craques como os gêmeos René e Willy van de Kerkhof, o cabeludo Ruud Gullit, o elegante Ronald Koeman ou o artilheiro Van Nilsterooy são exemplos de holandeses de sucesso no clube de Eindhoven. De fora, não podemos deixar de mencionar Romário (165 gols em 167 jogos) e Ronaldo (67 gols em 71 jogos), que iniciaram a carreira europeia pelo PSV e são admirados até hoje pela torcida.

Um clube de muita história, que não cabe no Philips Stadium, de 35 mil lugares, e ultrapassou as fronteiras da pequena Eindhoven para se consagrar na Holanda e também na Europa.

Vida longa ao PSV.

Veja gols e jogadas de Romário pelo PSV:

Fontes:

Site oficial do PSV

Wikipedia

Fala!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.