Paralímpico, Pistorius compete na Olimpíada de Londres

Há 1 ano… dia 4 de agosto de 2012.

4ago13

É uma experiência incrível estar aqui. É um sonho que se tornou realidade”.

Logo após ter finalizado a eliminatória dos 400m rasos na segunda colocação e avançado para a semifinal da prova na Olimpíada de Londres, o sul-africano Oscar Pistorius estava eufórico.

Afinal, colocava seu nome na História do esporte, depois de muita briga com Confederações, Federações e autoridades do atletismo. Em 4 de agosto de 2012, o corredor biamputado se tornou o primeiro atleta paralímpico a competir em uma Olimpíada.

Com próteses de lâminas de carbono nas duas pernas, o “Blade Runner”, como ficou conhecido, finalizou a bateria em 45s44.

“Eu estava tão nervoso nesta manhã. Obrigado todo mundo pelo apoio. Eu não sabia se iria chorar. Eu tinha uma mistura de emoções. Foi a experiência mais incrível, a torcida mais incrível. Eu vi a bandeira da África do Sul”, disse, depois da prova. Na torcida, sua avó, de 89 anos, empunhava a bandeira sul-africana e torcia pelo neto.

Na semifinal, o oitavo e último lugar não apagava em nada o feito de Pistorius. Em Londres, ainda correu o revezamento 4x400m com o time da África do Sul, que terminou em penúltimo lugar na final. De quebra, foi escolhido para carregar a bandeira de seu país na cerimônia de encerramento dos Jogos. Tudo parecia perfeito.

Mas, a vida de Pistorius tomaria rumo nebuloso. E trágico.

Na Paralimpíada, também na capital inglesa, apesar de dois ouros (nos 400m e no revezamento 4x100m), o corredor foi superado pelo brasileiro Alan Fonteles nos 200m e criou polêmica ao reclamar das próteses do vencedor.

Em fevereiro de 2013, Oscar Pistorius foi acusado do assassinato da namorada, Reeva Steenkamp, dentro da casa do corredor, em Pretória, na África do Sul. A defesa alegou que Pistorius pensava que Steenkamp era um ladrão. Ele pagou a fiança e responde ao processo em liberdade. Após vários adiamentos, o julgamento está marcado para o dia 19 de agosto.

Mas essa história fica pra outro dia… Porque todo dia é histórico.

Veja aqui a semifinal dos 400m da Olimpíada de Londres.

O Comitê Olímpico Internacional (COI) bloqueia o embed do vídeo, então clique no link para ver!

Fontes:

UOL Esporte

Wikipedia

Fala!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.