Morre o ator Ernest Borgnine

Há 1 ano… dia 8 de julho de 2012. 

8jul13

“Ernest Borgnine, o ator que pareceu destinado a papéis de durões, mas venceu um Oscar por interpretar a mais generosa das almas, um solitário açougueiro do Bronx, no filme “Marty”, de 1955, morreu no domingo, em Los Angeles. Ele tinha 95 anos.”

Esse é o parágrafo de abertura da nota publicada no site do New York Times, sobre o falecimento de Ernest Borgnine, ator americano com grande sucesso na TV e no cinema.

Filho de imigrantes italianos, Borgnine nasceu em 1917, em Hamden, Ohio. Depois de servir a Marinha por 10 anos e participar da Segunda Guerra Mundial, cursou teatro e estreou na Broadway aos 32 anos, em 1949.

Em 1953, teve seu primeiro grande momento no cinema, em “A Um Passo da Eternidade”. No papel de um sádico sargento (“Fatso” Judson), Borgnine contracenou com Burt Lancaster, Deborah Kerr e Frank Sinatra no filme vencedor do Oscar daquele ano.

Mas, o grande papel de sua vida foi como o simples açougueiro Marty Piletti, em “Marty”, em 1955. O longa-metragem venceu Oscar de Melhor Filme e Palma de Ouro em Cannes, além, claro, de render a Ernest Borgnine o Oscar de Melhor Ator. Pelo mesmo trabalho, ainda levou o Globo de Ouro e o BAFTA de Melhor Ator Estrangeiro.

Bosley Crowther, jornalista e crítico de cinema do New York Times por quase 30 anos, descreveu o despertar de Marty Piletti, mais precisamente o momento em que ele se apaixona, como “uma bonita mistura de rudeza e estranha sensibilidade em um homem monossilábico”.

“Marty” alavancou a carreira de Ernest Borgnine e o colocou em outros filmes importantes na década de 1960, como “Os Vikings”, “O Voo da Fênix”, Os Doze Condenados, “O Destino do Poseidon”, entre outros.

Ele ainda fez grande sucesso em séries de TV, como “McHale’s Navy”, em que recebeu indicação para o Emmy de Melhor Ator de Comédia, além de “Make Room For Daddy”, “Agente 86”, “O Barco do Amor”, “Magnum”, “Edição de Amanhã”, “Walker – Texas Ranger”, “Family Law”, “The District”, “Plantão Médico/ER”, entre outras.

Ernest Borgnine ainda emprestou a voz para o Mermaid Man, no desenho “Bob Esponja”, entre 1999 e 2012.

Foi agraciado com uma estrela na Calçada da Fama de Holywood.

Mas essa história fica pra outro dia… Porque todo dia é histórico.

Veja o trailer de “Marty”:

Fontes:

Site do New York Times

Wikipédia

Wikipedia

Anúncios

Fala!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s