Benetton lança mais uma polêmica campanha

Há 25 anos… dia 17 de fevereiro de 1992.

Benetton lança mais uma polêmica campanha

Ir mais longe, Ponzano, Vêneto, 1992

Para a nova campanha de primavera e verão, Toscani selecionou sete imagens que se ajustavam a um único tema: “realidade”.

 

As imagens incluíam um assassinato da Máfia em Palermo, uma inundação em Bangladesh, um barco cheio de refugiados na Libéria e um soldado liberiano com um rifle kalashnikov, segurando um osso de coxa humana atrás das costas. O logotipo do retângulo verde e branco em cada uma tinha a legenda “United Colors of Benetton”.

 

(…) Mas foi a sétima imagem que despertou uma reação tão forte que, pela primeira vez, a controvérsia gerada por uma propaganda da Benetton atingiu as lojas de forma significativa.

Realidade.

Como relata o trecho de Benetton: a família, a empresa e a marca, de Jonathan Mantle, essa era a palavra-chave da nova campanha da marca italiana, lançada há exatos 25 anos, em Milão.

A tal da sétima imagem referida na passagem do livro é a que ilustra este post.

Fortíssima.

No clique de Therese Frare, a morte e a AIDS.

David Kirby, 32 anos, cercado pela família no instante seguinte à sua passagem.

Fotografia originalmente publicada em novembro de 1990, na hoje extinta revista Life.

A primeira vez em que as devastadoras consequências da doença foram expostas de forma crua e direta.

Dois anos depois, com a aprovação da família de Kirby, a imagem foi o carro-chefe da campanha do fotógrafo Oliviero Toscani, já conhecido pelas controversas ações com a Benetton.

Afinal, não era a primeira vez que a dupla, marca e Toscani, chocava – vide links abaixo.

A nova campanha foi classificada como um “ato de coragem” pelo fotógrafo, que, dessa vez, não assinava nenhuma das sete fotos. “Quem não publicar essas imagens estará insultando a inteligência de seus leitores”, disse, como reportou Mauricio Stycer na Folhalink abaixo.

Uma compreensível afirmação de defesa de sua idealização, que já sofria ataques e, pior, protestos em frente às lojas da Benetton – como mencionado no excerto do livro de Mantle. Dias antes, em Londres, mais de 500 pessoas fizeram manifestação contra a foto de Kirby.

A AIDS continuaria tema frequente de outras campanhas da Benetton. Sempre com alguma polêmica.

Mas essas histórias ficam pra outro dia… Porque todo dia é histórico.

Reportagem da Time sobre a foto de David Kirby:

Fontes e +MAIS:

– Acervo Folha

– industriacriativa.espm.br

– contatopublicitario.blogspot.com.br

– colunas.revistaepocanegocios.globo.com

– innovativedesignhistory.wordpress.com

– theguardian.com

– ffw.uol.com.br

Anúncios

Fala!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s