Chico Buarque apresenta “Quem te Viu, Quem te Vê”

Há 50 anos… dia 16 de fevereiro de 1967.

Chico Buarque apresenta “Quem te Viu, Quem te Vê”

Está no ótimo A Canção no Tempo, vol.: 1958-1985, de Jair Severiano e Zuza Homem de Mello, livro de cabeceira e de pesquisas, fundamental para este blogueiro:

“Quem te Viu, Quem te Vê” foi mostrado ao público pela primeira vez no dia 16 de fevereiro de 67, durante o “Pra Ver a Banda Passar”, um musical comandado por Chico Buarque e Nara Leão e criado pela TV Record em cima do sucesso de “A Banda”. Por causa da timidez dos apresentadores — classificados pelo produtor Manoel Carlos como “a maior dupla de desanimadores de auditório” — o programa não obteve sucesso, ao contrário de “Quem te Viu, Quem te Vê”, que logo estaria nas paradas radiofônicas.

 

Bem ao estilo de Ataulfo Alves, este samba comenta a sina adversa de uma passista desgarrada de suas origens: “Hoje o samba saiu procurando você / quem te viu, quem te vê / quem não a conhece não pode mais ver pra crer / quem jamais a esquece não pode reconhecer.” Gravado por Chico e Nara, foi principalmente um sucesso da cantora, abrindo o seu elepê de 1967.

Foi em uma quinta-feira na semana seguinte ao carnaval que Chico Buarque apresentou uma de suas canções mais regravadas.

Um samba bem Ataulfo Alves, como bem definem Severiano e Mello. Chico era grande admirador do sambista, com quem se encontrava em um boteco perto da TV Record, relembra Wagner Homem no seu Histórias de Canções: Chico Buarque (link abaixo).

Nara Leão incluiu “Quem te Viu, Quem te Vê” em Vento de Maio, seu sétimo álbum, que teve mais duas composições de Chico – “Com Açúcar, com Afeto” e “Noite dos Mascarados”. Naquele mesmo mês, maio, a dupla apresentaria o último “Pra Ver a Banda Passar”.

Em outubro, acompanhado do MPB-4, Chico ficaria em terceiro lugar no III Festival da Música Popular Brasileira, com “Roda Viva”.

Mas essa história – contada no ótimo “Uma Noite em 67” – fica pra outro dia… Porque todo dia é histórico.

“Quem Te Viu, Quem Te Vê”:

Chico e o MPB-4:

Fontes e +MAIS:

– chicobuarque.com.br

– books.google.com.br

– mpbartistas.blogspot.com.br

– rollingstone.uol.com.br

– discosdobrasil.com.br

Anúncios

Fala!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s