Rolling Stones lançam “Start Me Up”

Há 35 anos… dia 14 de agosto de 1981.

Rolling Stones lançam "Start Me Up"

If you start me up I’ll never stop

(Blog no modo Usain Bolt…)

Aliás, além da letra, dá pra fazer outra conexão entre o homem mais rápido do mundo e a protagonista do post deste 14 de agosto.

Isso porque a raiz melódica de “Start Me Up” é o reggae. Sim, reggae, o som característico da Jamaica de Bolt e Bob Marley.

Ela nasceu durante as gravações do disco Some Girls, entre outubro de 1977 e março de 1978. Era um reggae-rock, com o nome provisório de “Never Stop”. Após dezenas de takes, a banda decidiu deixar a faixa de lado, insatisfeita com o resultado final.

Três anos depois, quando Tattoo You estava no forno e uma nova turnê se avizinhava, o engenheiro de som Chris Kimsey propôs que Mick Jagger fuçasse gravações de arquivo para ver se havia algo aproveitável.

Entre cerca de 50 versões de reggae, o próprio Kimsey encontrou dois takes de “Start Me Up” com pegada mais rock and roll. Então, entre abril e junho de 1981, a canção foi finalmente gravada.

O engenheiro se recorda que a sessão teve 6 horas de duração, incluindo alguns ensaios. Na mixagem, o produtor Bob Clearmountain tratou de operar alguns truques que deixaram “Start Me Up” ainda melhor.

O principal foi o registro de partes dos vocais de Mick Jagger e da bateria de Charlie Watts com um microfone instalado no banheiro dos estúdios! Por isso aquele “murro sonoro” que nos desperta inevitável e imediatamente.

Sonzeira com o selo Stones de qualidade. O riff de Keith, a batida de Charlie, o baixo de Bill Wyman…   Aperta o play e tenta não balançar o esqueleto aí!

“É um riff-rocker na tradição de “Honky Tonk Women” ou “Satisfaction”, um rock & roll simples e seco, alimentado por um dos riffs do selo Keith Richards e um sólido contratempo de Charlie Watts”, escreve o allmusic.com.

Tempos depois, os jamaicanos do Toots & the Maytals, enfim, a transformaram em um reggae – ou um ska, se preferir.

“Start Me Up” chegou ao segundo lugar das paradas americanas, sétimo no Reino Unido e ao topo na Austrália. Foi o abre-alas para Tattoo You, lançado dias depois.

Mas essa história fica pra outro dia… Porque todo dia é histórico.

Em tempo: olha o mito das pistas cantando Bob Marley!

“Start Me Up”, no vinil!:

Versão reggae:

Outro take reggae:

Fontes e +MAIS:

– Wikipedia

– songfacts.com

– allmusic.com

– rollingstone.com

– intothegrooveblog.com

– rockmine.com

– telegraph.co.uk

Anúncios

Fala!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s