Ivanisevic se torna o 1º convidado a conquistar Wimbledon

Há 15 anos… dia 9 de julho de 2001.

Ivanisevic se torna o 1º convidado a conquistar Wimbledon

“Agora, o que quer que eu faça, aonde quer que eu vá, sempre serei um campeão de Wimbledon.”

A história do título de Goran Ivanisevic no All England Club daria um filme. Com o perdão do palavrão, um puta filme (e não aquele fraquinho, “Wimbledon”, que tem leve inspiração na incrível conquista do croata em 2001).

É o roteiro perfeito da volta por cima.

Naquela altura do campeonato, ninguém mais acreditava em Ivanisevic. Nem ele mesmo. Aos 30 anos de idade, o tenista já começava a se transformar em uma daquelas figuras amarguradas por nunca ter, realmente, chegado lá.

O passado era uma coleção de “quases”. Segundo melhor do mundo, três finais de Wimbledon, 21 troféus na carreira, nenhum de Grand Slam. O presente, um quadro triste e feio. Uma pífia e envergonhada 125ª colocação no ranking, parcas 5 vitórias no ano, desqualificação em torneio por mau comportamento (quebrou todas as raquetes que tinha!).

Ivanisevic caminhava para a aposentadoria e o esquecimento. Então, veio Wimbledon. Sem ranking para disputar o Grand Slam, recebeu wild card – convidado -, talvez por pena da organização. Era a chance de o croata se despedir da grama sagrada que tanto amava, devem ter pensado os britânicos.

Com o ombro machucado, lá foi ele pra a estreia, contra o sueco Fredrik Jonsson. A experiência do croata prevaleceu: triplo 6-4. A segunda rodada já trouxe adversário de peso, o espanhol Carlos Moyá. Após perder o primeiro set no tie-break (8-6), Ivanisevic virou com propriedade: 6-3, 6-4 e 6-4.

Mais um rival duro na terceira rodada, o americano Andy Roddick. Ele abriu 2 a 0 (7-5 no tie-break e 7-5), perdeu o terceiro set (6-3), mas fechou o jogo em 6-3. Incrível. Acabado para o tênis e baleado, o velho Goran estava na quarta rodada!

Mas ele não passaria pelo tenista local Greg Rusedski, disseram. Então pega esse 3 a 0: 7-6(7-5), 6-4 e 6-4! Agora, Ivanisevic começava a ser olhado de forma diferente. Será que ele passa pelo russo Marat Safin, quarto cabeça-de-chave? Sim. Vitória difícil e apertada por 3 a 1, com parciais de 7-6(7-2), 7-5, 3-6 e 7-6(7-3).

Agora, Goran Ivanisevic estava entre os 4 melhores em Wimbledon novamente. E a semifinal reservava mais um tenista local, o queridinho Tim Henman. Pedreira.

Ele abriu vantagem, com 7-5 no primeiro set. Henman igualou, com 7-6(8-6) no segundo. Na terceira parcial, incrível 6-0 do britânico. Será que Ivanisevic aguenta a pressão, com 2 sets a 1 e a torcida contra?

Então, veio a chuva! Sim, a chuva salvadora. E a partida semifinal foi retomada no sábado. Descansado mental e fisicamente, Ivanisevic venceu o quarto set em mais um tie-break (7-5). Uma nova suspensão levou o jogo para domingo, quando o croata deu um fim ao sonho de título britânico: 6-3 na parcial final. E, quem diria, a final!

Na decisão, o cabeça-de-chave número 3 e então vice-campeão, o australiano Patrick Rafter. Um duelo fino do saque-e-voleio. Uma batalha incrível de 5 sets, clima de Copa Davis e surpreendente torcida local para o homem que havia eliminado dois tenistas britânicos.

Um jogo marcado pelo equilíbrio, como lembrou reportagem da Folha no dia seguinte. “O equilíbrio entre os dois se reflete nas estatísticas. Dos 304 pontos disputados, Ivanisevic venceu 154, apenas quatro a mais que Rafter”, escreveu Leonardo Cruz.

Ao final, após 3h01min de extenuante confronto, Ivanisevic viu Rafter devolver seu saque na rede e pôde, finalmente, celebrar a conquista de sua vida. Placar de 3 sets a 2, com parciais de 6-3, 3-6, 6-3, 2-6 e 9-7).

No dia seguinte, uma multidão recebeu seu filho mais ilustre nas ruas de Split, no litoral da Croácia. Ivanisevic celebrou como se não houvesse amanhã. Só de cueca!

The End.

Melhores momentos da final:

Fontes e +MAIS:

Wikipedia

Acervo Folha

theguardian.com

– news.bbc.co.uk

– edition.cnn.com

– betdistrict.com

Anúncios

Fala!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s