Jimmy Page faz seu primeiro show com os Yardbirds

Há 50 anos… dia 21 de junho de 1966.

Jimmy Page faz seu primeiro show com os Yardbirds

Finalmente, a união há muito esperada: Jimmy Page e Yardbirds. Cinco décadas atrás, o talentoso guitarrista fazia seu primeiro show com a banda, no mítico Marquee Club, em Londres.

O flerte do Yardbirds em cima de Page vinha de outros carnavais, como bem lembra Bryan Wawzenek no ultimateclassicrock.com – texto abaixo.

Em 1964, ele recusou a primeira investida do empresário Giorgio Gomelsky, que ofereceu o posto de Eric Clapton, ausente temporariamente em razão de férias. Amigo próximo do guitarrista titular, Page declinou, mostrando fidelidade a Clapton, que ainda não pensava em sair definitivamente do grupo.

Um ano depois, em 1965, uma nova negativa, aí sim no momento do desembarque de Clapton, em busca de novos ares musicais, mais próximos do blues. Era um período fértil criativa e financeiramente na vida de Page, então um bem sucedido músico de estúdio. Sua saída foi indicar outro amigo para o posto: um tal de Jeff Beck.

Então, mais um ano se passou e não houve como Jimmy Page escapar da terceira investida dos Yardbirds. Quem estava pulando fora agora era o baixista Paul Samwell-Smith, já meio de saco cheio de turnês e do jeitão esquisito do vocalista Keith Relf. Habitué dos shows da banda, Page estava no backstage quando Smith comunicou sua partida.

Na carona de volta pra casa, no carro de Beck, veio a nova proposta. “Não seria legal se você se juntasse a nós?”, indagou o guitarrista. Em entrevista de 1977, Page revelou que não sabia se os outros integrantes ficariam felizes, pois ele havia recusado o convite em duas oportunidades.

Tanto Relf e quanto o baterista Jim McCarty não viam problema algum. Era o sinal verde para Jimmy Page ser, enfim, um Yardbird. E logo na estreia, ele “jogou improvisado”! Conta o próprio:

“Três dias depois do show em Oxford, neste dia em 66, os Yardbirds tinham data no Marquee Club de Londres e estavam sem baixista. Como Paul não ia voltar, eu me ofereci para tocar baixo com eles. Esta foi a minha estreia. Não foi uma tarefa fácil, a de preencher o papel realizado com enorme potência por Paul Samwell Smith, mas eu me saí bem”, relembra Page, em seu site oficial.

Algum tempo depois, Chris Dreja assumiu o baixo e ele se tornou a segunda guitarra da banda. Infelizmente, a dupla Page-Beck sobreviveu por alguns meses. No final daquele 1966, Beck sairia dos Yardbirds.

Page, então, se transformou no lead guitar e, com as saídas dos outros integrantes, formou o New Yardbirds, o embrião de uma das maiores bandas de rock de todos os tempos: o Led Zeppelin.

Mas essa história fica pra outro dia… Porque todo dia é histórico.

 “Stroll On”, em trecho do filme “Blow Up”:

“Happening Ten Years Time Ago”, em programa de TV dos EUA:

Fontes e +MAIS:

– jimmypage.com

– ultimateclassicrock.com

– setlist.fm

– rollingstone.com(1)

– rollingstone.com(2)

– paperblog.com

– guitarworld.com

Anúncios

Fala!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s