O acidente nuclear de Chernobyl

Há 30 anos… dia 26 de abril de 1986.

O acidente nuclear de Chernobyl

“Um desastre nuclear que derrubou um império”, diz título do texto da Economist, rememorando as três décadas de Chernobyl.

Uma verdade incontestável.

A tragédia ocorrida às 1h23min da madrugada de 26 de abril de 1986 foi crucial para o colapso definitivo da União Soviética. Fato admitido por seu último líder, Mikhail Gorbachev, como lembra a própria revista britânica.

“Mais ainda do que o lançamento da Perestroika, foi, talvez, a verdadeira causa do declínio da União Soviética, cinco anos mais tarde”, diria ele, posteriormente, comparando o seu plano de reestruturação econômica com a catástrofe ocorrida próxima à cidade de Pripyat, hoje Ucrânia.

A explosão do reator número 4 da Usina Nuclear de Chernobyl implodiu as entranhas do império soviético. Nem a censura do próprio Kremlin – Gorbachev só falaria publicamente sobre o acidente no dia 14 de maio! – conteve o inevitável.

Chernobyl foi o triste epílogo da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas.

Hoje, Pripyat é uma espécie de museu vivo e a céu aberto daquele triste acontecimento. Uma cidade aos poucos reconquistada pela natureza e pelos turistas, afirma a Economist.

“O que antes eram ruas tornaram-se caminhos florestais; blocos de concreto de apartamentos decorados com slogans e símbolos soviéticos agora são pouco visíveis através das árvores. Cerca de 200 pensionistas posteriormente voltaram às aldeias na área, mas a própria Pripyat permanece morta, uma Pompéia Soviética. Turistas e jornalistas passeiam pelas ruas silenciosas, pontilhadas com outdoors enferrujados de propaganda, tirando fotografias de máscaras de gás, roupas, brinquedos e livros nas salas de aula abandonadas. Alguns podem ter sido posicionados lá deliberadamente pelos organizadores de tours e passeios”, conta a reportagem.

Trinta anos depois, Chernobyl é a lembrança de um passado nem tão distante, de uma época ainda viva na linha do tempo da História.

Como se percebe pelos vídeos e pela quantidade de links abaixo… Não deixe de ver e de ler.

Memória Globo sobre Chernobyl:

Programa “60 minutes”:

“Inside Chernobyl” (2012):

Fontes e +MAIS:

– Wikipedia

– Wikipédia

– Acervo Folha

– bbc.com

– terra.com.br

– g1.globo.com

– seuhistory.com

– wsj.com

– theguardian.com

– cnn.com

– economist.com

– telegraph.co.uk

– livescience.com

Anúncios

Fala!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s