Fernando Alonso conquista 1º título na Fórmula 1

Há 10 anos… dia 25 de setembro de 2005.

Fernando Alonso conquista 1º título na Fórmula 1

A primeira consagração da Espanha.

O mais jovem campeão.

O fim da dinastia Schumacher/Ferrari.

O primeiro título de Fernando Alonso Diaz na maior categoria do automobilismo carrega muitas marcas.

Com a conquista, o asturiano de Oviedo colocou a bandeira vermelha e amarela no mais alto lugar da F1 pela 1ª vez. Aos 24 anos e 59 dias, ele superou o brasileiro Emerson Fittipaldi como o mais jovem campeão da História. De quebra, Alonso interrompeu a impressionante sequência de 5 taças de Michael Schumacher e da Ferrari.

Só Alonso sabia a longa estrada que percorrera.

“Venho de um país sem tradição na F1 e, como todos sabem, lutei praticamente sozinho em toda a minha carreira. Cheguei na F1 por causa dos meus resultados nas categorias de base e conquistei o máximo que um piloto de F1 pode almejar. Agradeço isso a três ou quatro pessoas e mais ninguém, infelizmente”, disse, emocionado, após o 3º lugar no GP Brasil, suficiente para abrir 23 pontos sobre Kimi Raikkonen na classificação geral e garantir o título, a duas corridas do final da temporada.

E foi por méritos de Juan Pablo Montoya que ele não levou a vitória na 17ª etapa de 2005. No sábado, o espanhol da Renault cravou a pole, à frente do colombiano da McLaren e do italiano Giancarlo Fisichella, seu companheiro de escuderia. Raikkonen, o outro piloto da McLaren e único capaz de ameaçar a conquista de Alonso, largaria na 5ª posição.

O líder do campeonato teve bom início de prova, liderou por duas voltas, mas logo foi ultrapassado por Montoya, com o carro melhor naquele dia. O gordito colombiano ficou em primeiro durante 61 das 71 voltas do GP e mereceu a vitória, sua última na Fórmula 1.

O próprio Alonso admitiu mérito do adversário da McLaren. “Achei que poderia vencer, mas depois do primeiro pit stop ficou claro que não dava para acompanhar o ritmo de Montoya”, afirmou.

Mesmo assim, nada atrapalhou a festa do espanhol e da Renault de Flavio Briatore por um título mais do que justo. Festa que teria a cereja do bolo na última prova da temporada, com a vitória de Alonso na China, a 7ª em 19 Grandes Prêmios em 2005, e que ainda deu o primeiro troféu de Construtores para a escuderia italiana.

Em 2008, Lewis Hamilton desbancaria Fernando Alonso no posto de mais jovem campeão. O britânico, por sua vez, perderia o posto para o alemão Sebastian Vettel, em 2010.

Mas essa(s) história(s) fica(m) pra outro dia… Porque todo dia é histórico.

Alonso comemora com a Renault, com narração em espanhol:

Fontes:

Wikipedia

Wikipédia

Acervo Estadão

grandepremio.uol.com.br

Fala!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.