“The Blues Brothers” tem première em Chicago

Há 35 anos… dia 16 de junho de 1980.

“The Blues Brothers” tem première em Chicago

“Esse é um filme estranho. Nunca houve nada parecido com isso; foi concebido em um ferro-velho?”, dispara, ácido, o renomado crítico Roger Ebert, na abertura de sua resenha sobre “The Blues Brothers”. Ao final, ele se rende ao humor, à simplicidade, ao carisma, à sinergia e, claro, à música de Dan Aykroyd e John Belushi.

Não tem como. “Blues Brothers” cativa pela improvável química entre ingredientes pitorescos: protagonistas vindos da escola de humor do Saturday Night Live e um roteiro maluco e sem nexo, tudo misturado e entremeado por números musicais e performances de pesos-pesados do blues e R&B americanos.

O resultado é um cult. Um clássico.

Você pode não gostar do estilo de comédia do SNL a que Aykroyd e Belushi pertencem. Ou até não se emocionar – pasmem! – com as lendas da música que contracenam no longa-metragem, como Ray Charles, James Brown, Aretha Franklin, entre outros. Mas existe uma grande certeza em “Blues Brothers”: duas horas e treze minutos de entretenimento.

Em extensa e detalhada reportagem de 2013, a revista Vanity Fair conta toda a saga do filme. Do encontro entre as almas gêmeas Dan e John, em um bar de Toronto, no Canadá, em 1973, passando pelo caminho da dupla na música e no Saturday Night Live, até chegar à caótica e cara produção do filme dirigido por John Landis.

Uma difícil e desgastante produção, com várias curvas no caminho, como o vício de Belushi por cocaína, que já se manifestava irreversível. Tanto que, dois anos depois, infelizmente o levou, com apenas 33 anos de idade.

Tristeza à parte, um grande mérito de “Blues Brothers” foi trazer a cidade de Chicago para as telas e, posteriormente, para o centro de locações de Hollywood. Depois dele, mais de 200 filmes usaram a “Windy City” como palco.

“Chicago é uma das estrelas do filme. Nós escrevemos o roteiro como um tributo”, afirmou Dan Akroyd, responsável pelo texto junto com Landis, em artigo publicado no Chicago Sun-Times para marcar os 25 anos do longa.

Aliás, a bela e cativante metrópole, berço do blues, foi o palco de outra produção de muito sucesso dos anos 1980, que virou cult e clássico: “Curtindo a Vida Adoidado”, de 1986.

Mas essa história fica pra outro dia… Porque todo dia é histórico.

Trailer de “Blues Brothers”:

Fontes:

Wikipedia

IMDb

– bluesbrothersofficialsite.com

vanityfair.com

articles.chicagotribune.com

rogerebert.com

Anúncios

Fala!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s