“Call Me”, do Blondie, chega ao topo da parada britânica

Há 35 anos… dia 26 de abril de 1980.

“Call Me”, do Blondie, chega ao topo da parada britânica

O ano de 1980 foi assaz bem-sucedido para a banda da bonitinha Debbie Harry. E a grande responsável foi a ótima “Call Me”.

Poderia não ter sido assim…

Conta a história que Giorgio Moroder, o interminável e prolífico produtor, compositor e músico italiano, até hoje na ativa, procurava uma parceira feminina para escrever e cantar seu novo sucesso. Na época, Moroder era conhecido por ser o Midas por trás de Donna Summer e também pela sombria trilha do filmaço “O Expresso da Meia-Noite”, vencedora do Oscar em 1979.

A primeira opção do italiano foi Stevie Nicks, do Fleetwood Mac, mas a vocal e compositora recusou. Grande erro. Moroder, então, correu atrás da líder do Blondie, que puxava a fila do new wave do final dos 70’s, início dos 80’s.

Debbie Harry aceitou na hora e assim nasceu um hitaço! Uma música de pegada, meio pop-rock, meio disco, precursora no uso intensivo dos sintetizadores e recursos eletrônicos, uma marca da música pop dos 80.

Gravada em agosto de 1979 e produzida por Moroder, “Call Me” foi lançada em fevereiro de 1980. Uma semana depois, estava na trilha sonora do filme “Gigolô Americano”, protagonizado por Richard Gere. A música, aliás, abre o longa-metragem, em cena com Gere dirigindo na estrada. Também uma “composição” de Debbie.

Fala, Debbie! “Quando eu estava compondo, imaginei a cena de abertura, um carro na costa da Califórnia”. Bonita, talentosa e “cineasta”. É, não era pouca coisa essa tal de Debbie Harry.

Sétima arte à parte, “Call Me” arrebentou naquele ano. Em 19 de abril, entrou no #1 do Billboard Hot 100 e lá ficou por seis semanas. Sete dias depois, aparecia em primeiro nas paradas britânicas, lugar em que permaneceu por uma semana. Também atingiu o topo no Canadá.

“Call Me” foi o single mais vendido de 1980 e o maior hit do Blondie. Possivelmente, é a música mais famosa da banda americana. Curioso é que ela não entraria em nenhum disco original deles, erro corrigido somente em 2001, quando do relançamento de Autoamerican. Dessa vez, com o hit incluído.

Mas essa história fica pra outro dia… Porque todo dia é histórico.

O clipe de “Call Me”:

Fontes:

Wikipedia

songfacts.com

Fala!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.