Gorbachev é escolhido o novo líder da União Soviética

Há 30 anos… dia 11 de março de 1985.

Gorbachev é escolhido o novo líder da União Soviética

“Estou bem ciente da grande confiança depositada em mim e da grande responsabilidade ligada a isso. Eu prometo a vocês, companheiros, fazer o meu melhor para servir fielmente o nosso partido, o nosso povo e a grande causa leninista.”

Assim se comprometeu Mikhail Sergueievitch Gorbachev, ao assumir a liderança do Partido Comunista da União Soviética (PCUS) e, consequentemente, o comando do país. Aos 54 anos, tornava-se o mais jovem secretário-geral desde Josef Stalin.

Gorbachev foi o substituto escolhido para a vaga deixada por Konstantin Chernenko, que falecera no dia anterior, aos 73 anos, vítima de uma parada cardiorrespiratória causada por um enfisema pulmonar. Chernenko ficou por 13 meses no poder e foi o mais velho a exercer o cargo. Em 13 de fevereiro de 1984, assumiu o posto do falecido Yuri Andropov.

A nota oficial sobre o falecimento de Chernenko só foi divulgada 19 horas após a sua morte. Quatro horas depois do comunicado, Gorbachev foi anunciado, o que leva a crer que já estava definido para a sucessão.

Eleito por unanimidade pelos 300 membros do Comitê Central do PCUS, o novo comandante já vislumbrava muito trabalho pela frente. E queria iniciar sua trajetória imediatamente.

“Temos que conseguir uma virada decisiva na transferência da economia nacional para as faixas de desenvolvimento intensivo. Devemos, somos obrigados a atingir, no prazo mais breve, as posições científicas e técnicas mais avançadas, o mais alto nível mundial e da produtividade do trabalho social”, disse, em seu discurso de aceitação, mostrando avidez para arregaçar as mangas.

Gorbachev se mostrou aberto ao diálogo com Washington. Disse ser imprescindível interromper a corrida armamentista e congelar a produção dos arsenais nucleares. Também mencionou o sucesso da política de distensão dos anos 1970.

“Valorizamos os êxitos conseguidos pela distensão na década de 70 e estamos dispostos a participar do processo de instauração de uma cooperação pacífica entre os Estados”, propôs, lembrando que a URSS esperava que os Estados Unidos respondessem positivamente para o início dos diálogos.

Quatro dias depois, Mikhail Gorbachev tomaria oficialmente posse do cargo de líder da União Soviética e iniciaria profundas reformas no país, como a Perestroika e a Glasnost. Sairia do posto em agosto de 1991, tragado pela crise no país, acelerada após a queda do Muro de Berlim, em 1989.

Mas essa história fica pra outro dia… Porque todo dia é histórico.

Mikhail Gorbachev assume a União Soviética:

Fontes:

Anúncios

2 comentários sobre “Gorbachev é escolhido o novo líder da União Soviética

Fala!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s