Nixon toma posse como 37º presidente dos EUA

Há 45 anos… dia 20 de janeiro de 1969.

20jan14

“Nosso destino oferece, não o copo do desespero, mas o cálice de oportunidade. Por isso, vamos aproveitá-la, não com medo, mas na alegria e, “os pilotos sobre a Terra juntos”, vamos em frente, firme na fé, em nosso propósito, cuidadosos com os perigos; mas sustentados por nossa confiança na vontade de Deus e na promessa do homem.”

Era um dia muito frio, chuvoso e cinza em Washington. Temperatura na casa dos 2ºC. Na ala leste do Capitólio, centenas de autoridades e políticos, de todas as esferas de poder, se reuniram para acompanhar a posse do novo comandante dos Estados Unidos.

Uma vice-presidência, um mandato de deputado e outro de senador e uma eleição perdida depois, Richard Milhous Nixon assumia o mais alto cargo do executivo. Uma trajetória de ascensão ininterrupta, que começara mais de vinte anos antes daquele frio 20 de janeiro de 1969.

De janeiro de 1947 a dezembro de 1950, Nixon representou a Califórnia como deputado. Em seguida, assumiu a cadeira de senador pelo estado e ficou até janeiro de 1953.  Do senado para a vice-presidência do país, onde o republicano permaneceu até janeiro de 1961.

Na primeira tentativa de chegar à Casa Branca, Nixon viu John Kennedy vencer, depois de uma campanha quente e uma eleição acirrada. Derrotado na corrida presidencial, ele queria se recolher para praticar o direito, escrever livros e ficar com a família. Mas o Partido Republicano insistiu para que Nixon disputasse o governo da Califórnia.

No cálculo político, quatro anos como comandante do estado poderiam alçá-lo novamente a uma contenda para presidente. Mas nada saiu como Nixon e os republicanos planejavam. Ele acabou novamente derrotado, agora por Pat Brown, que venceu por uma margem de 5%.

O fim de Nixon foi cantado em verso e prosa. Um programa da rede ABC foi ao ar, com o título: “O Obituário Político de Richard M. Nixon”.

Ele se mudou para Nova York e continuou ativo dentro do partido, mas prometeu não concorrer à presidência em 1964.

Quatro anos depois, no entanto, lá estava Nixon novamente como o candidato republicano ao posto de líder da América. Venceu o então vice-presidente Hubert Humphrey, o candidato democrata, e prometeu unir uma nação dividida.

O discurso de posse, naquele frio e cinzento dia em Washington, seguiu a mesma linha. A intenção era acalmar os ânimos, em um momento conturbado dentro e fora dos Estados Unidos. Ao final, Nixon disse as palavras que abrem o post.

Um presságio de seu destino.

Pouco mais de cinco anos depois, já em seu segundo mandato, Nixon enfrentaria processo de impeachment por causa do escândalo do Watergate e renunciaria ao cargo em agosto de 1974.

Mas essa história fica pra outro dia… Porque todo dia é histórico.

Veja o juramento de Nixon na posse:

Fontes:

Wikipedia

inaugural.senate.gov

Anúncios

Fala!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s