Bob Dylan volta aos palcos após oito anos

Há 40 anos… dia 3 de janeiro de 1974.

3jan14

No início de 1966, Bob Dylan atravessou o globo em uma turnê gigantesca e exaustiva. Um tour pela Ásia e Europa que fechou um ciclo de frenéticos cinco anos. Shows, entrevistas, fãs, estresse, solidão, drogas, tristeza.

Ao fim de tudo, Dylan estava exaurido. E ainda questionado pela crítica, que já não o via como o gênio de outrora.

No dia 29 de julho, já de volta à Nova York, ele bateu a sua moto 500cc em uma estrada perto de casa, em Woodstock (sim, o próprio!). O acidente colocou o trovador na cama. Uma pausa que Dylan julgou providencial anos depois, em sua autobiografia: “Tive um acidente de moto e me machuquei, mas me recuperei. A verdade era que eu queria sair da mira dos canalhas.”

Dylan entrou em um período de reclusão e deu novos rumos à carreira. Acabou se afastando dos palcos por oito anos.

Nesse tempo, teve raras aparições ao vivo, como no “Concert for Bangladesh”, evento beneficente organizado pelo amigo George Harrison, em 1971. Mas o esperado retorno de verdade ainda estava por acontecer.

Enquanto isso, Dylan gravava discos e era pichado pela “crítica especializada”, que o dava como morto, previsível e chato.

No final de 1973, em meio a finalização do seu 14° álbum, Planet Waves, iniciou negociações para o grande regresso aos palcos.

E foi uma volta em grande estilo.

Uma turnê pelos Estados Unidos, costa a costa, passando por 21 cidades. Dois meses na estrada na companhia dos velhos comparsas de The Band, que o haviam acompanhado em 1965/1966, ainda com o nome de The Hawks.

No dia 3 de janeiro de 1974, Bob Dylan subiu ao palco do Chicago Stadium e foi saudado por quase 19 mil pessoas. Soltou a voz com a inédita “Hero Blues”, canção não lançada de 1962. Em mais de duas horas, mostrou aos críticos que estava mais vivo do que nunca. Velhos sucessos foram subvertidos em novas canções. Dylan surpreendeu. Tocou sozinho, com o violão, tal qual o bom e velho trovador solitário. Cantou junto com The Band e também deixou os caras mostrarem as próprias canções. Dylan foi o velho Dylan. Um mito.

Meses depois, chegava às lojas o histórico Before the Flood, um disco duplo com as músicas da turnê. Nem precisa dizer que foi sucesso absoluto.

E Dylan calou os canalhas mais uma vez.

Mas essa história fica pra outro dia… Porque todo dia é histórico.

Veja vídeo raro com “Hero Blues”, a primeira música do show em Chicago:

Fontes:

Wikipédia

beatrix.pro.br

Anúncios

Fala!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s