Guilherme Tell acerta a maçã e escapa da morte

Há 710 anos… dia 18 de novembro de 1307.

Guilherme Tell foi um mítico herói do século XIV.

A sua maior façanha teria acontecido há exatos 710 anos.

Deixa o History contar:

Um dos heróis da Suíça, Guilherme Tell teria disparado uma flechada certeira em uma maçã, colocada na cabeça do seu filho, que estava amarrado a uma árvore, em um dia como este, no ano de 1307. Caso errasse a flechada, Guilherme Tell seria morto. Esta, pelo menos, é a versão contada por Aegidius Tschudi, um historiador católico conservador. Guilherme Tell e seu filho foram presos pelo tirano Hermann Gessler, pois eles haviam desrespeitado sua autoridade.

Gessler, para testar a lealdade do povo, tinha ordenado que fosse pendurado um chapéu com as cores da Áustria em um poste numa praça de Altdorf. Todos que passassem por ali deveriam que fazer uma saudação respeitosa ao chapéu, que era vigiado por soldados. Guilherme Tell e seu filho não fizeram a saudação e, por isso, foram presos. Tell era conhecido por ser um homem forte, bom escalador e exímio atirador. Por conta destes atributos, o tirano resolver testar as qualidades de Tell em seu próprio filho. Tell teria feito o tiro certeiro com sua besta (ou balestra), uma arma do tipo arco e flecha, com gatilho.

Depois que Tell acertou a maçã, em meio a aplausos em praça pública, Gessler notou que o herói havia preparado duas flechas. Perguntado pelo tirano porque havia feito isso, Tell hesitou e depois confessou que, caso matasse o seu filho, a segunda flecha seria para assassinar Gessler. Indignado, o tirano cumpriu sua promessa em manter Tell vivo, mas, para isso, ficaria preso para sempre. Tell foi acorrentado em um barco, com destino ao castelo de Küsnacht. Gessler e seus soldados também subiram na embarcação. Contudo, no meio da viagem, houve uma tempestade, e Tell foi solto para ajudar no salvamento. Tell conduziu o barco com segurança para terra firme e, no final, conseguiu escapar. Pouco depois, encontrou o tirano e o matou com aquela mesma flecha já reservada. Segundo a lenda, este evento marcou o início de uma revolta, que ocorreu em 1º de janeiro de 1308 e que levou ao nascimento da Federação Suíça. De acordo com Tschudi, Tell teria morrido afogado em 1354, ao tentar salvar uma criança do afogamento, no rio Schächenbach, em Uri, um estado da Suíça.

Diz a lenda – e o próprio Aegidius Tschudi – que Guilherme Tell morreu em 1354, tentando salvar uma criança de afogamento no Rio Schächenbach.

Mas essa história fica pra outro dia… Porque todo dia é histórico.

Monthy Python e Guilherme Tell:

Fontes e +MAIS:

– Wikipedia

– Wikipédia

– seuhistory.com

– firstandmonday.com

– stevenlberg.info

– newworldencyclopedia.org

Anúncios

Fala!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s