Vila Belmiro, 100 anos

12 e 22 de outubro de 1916

Vila Belmiro, 100 anos

POR ALMIR RIZZATTO*

Naquele domingo de 22 de outubro de 1916, todos os caminhos na praia levavam ao “Campo do Santos”, no bairro da Vila Belmiro. O match contra o forte Clube Athletico Ypiranga era o primeiro no estádio, 10 dias depois da festa de inauguração.

Foi preciso até um reforço no transporte público da cidade, com bondes especiais saindo da Vila Mathias, já que os de número 2, 3, 12, 16 e 17 não dariam conta de tamanho alvoroço. A operação deu certo e todos os simpatizantes chegaram a tempo. Eram 2.000.

As arquibancadas de madeira, com sócios do clube, familiares, crianças e elegantes senhoras, estavam lotadas. Os privilegiados viram Adolpho Millon Júnior – um dos 39 fundadores do Santos, em 1912 – entrar novamente para a História, desta vez dentro de campo, ao marcar o primeiro gol naquele que se tornaria o Templo do Futebol. Era o primeiro dos mais de 5 mil gols comemorados pela torcida santista.

Formiga chegou a empatar para o Ypiranga, mas Jarbas garantiu a vitória dos anfitriões. A cidade enlouqueceu. A farra invadiu a noite, com uma passeata de jogadores e torcedores pelas ruas da cidade. Não era um título, mas talvez um prenúncio do que nascia naquele dia.

Mas nem o mais fanático santista poderia imaginar que o clima daquele dia se repetiria tantas vezes. Nem Urbano Caldeira, dirigente à época e presente naquele domingo, sonharia em ganhar o nome estádio, em 1933, ao morrer precocemente, aos 43 anos.

Mas ali, no santificado estádio, os sonhos sempre se realizaram. Como se a cada tufo de grama que insistia em sair de um buraco brotasse um craque. Araken Patusca, Antoninho, Zito, Dorval, Mengálvio, Coutinho, Pepe, Giovanni, Diego, Robinho, Neymar… Pelé? Ah, esse nem conta!

Dribles, gols, defesas, canhões, elásticos, cabeçadas, pedaladas… Foi tudo tão mágico nesses 100 anos. Será que não passou de um grande sonho? Melhor não acordar…

Ah, Vila Belmiro… Se os Deuses do Futebol escolheram uma morada, fizeram a escolha certa.

* Almir Rizzatto é jornalista, diretor da agência RZT Comunicação e escritor. Junto com o também jornalista Ted Sartori, escreveu “Histórias da Vila Belmiro – 100 anos de magia do estádio santista”, livro oficial do Santos Futebol Clube e que está em fase de financiamento coletivo (www.historiasdavila.com.br).

Vídeo da Santos TV sobre os 100 anos da Vila. Imperdível!:

+MAIS:

– santosfc.com.br

– Wikipédia

– trivela.uol.com.br

– atribuna.com.br

– app.globoesporte.globo.com

– diariosp.com.br

– torcedores.com

– esportes.terra.com.br

– memoriasantista.com.br

Anúncios

Fala!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s