Após oito anos de exílio, Luiz Carlos Prestes volta ao Brasil

Há 35 anos… dia 20 de outubro de 1979.

Após oito anos de exílio, Luiz Carlos Prestes volta ao Brasil

“Luiz Carlos Prestes chegou às 17h40 no vôo 093 da Air France, procedente de Paris, sendo a primeira pessoa a desembarcar do aparelho. Dali, foi direto para a cabina de controle de passaportes da Polícia Marítima e Aérea, onde não foi molestado pelo severo esquema de segurança montado pela Polícia da Aeronáutica em toda a área do aeroporto. Seguindo orientação da própria administração do Galeão, aguardou naquele local a liberação de sua bagagem, para, então, ir diretamente ao saguão onde foi recebido pelas quatro mil pessoas que o aguardavam.”

O “Velho” voltou. Oito anos após deixar o Brasil e se exilar na União Soviética, o secretário-geral do Partido Comunista Brasileiro (PCB) retornava à terra natal. Era mais um que regressava por causa da Lei da Anistia, promulgada por Figueiredo em agosto de 1979.

A ditadura militar estava no fim, mas o experiente comunista pedia cautela aos camaradas e união da oposição. Depois de um desembarque histórico e uma recepção digna de popstar, Prestes discursou em cima de uma Kombi e exaltou a anistia, em suas palavras “uma vitória do povo e permitiu a minha volta ao País como simples cidadão, mas comunista”.

Luiz Carlos Prestes lembrou de companheiros mortos durante o regime militar e ainda conclamou para a continuação da luta contra a repressão, citando a Lei de Segurança Nacional.

“É indispensável lutar pela legalidade do Partido Comunista Brasileiro. Não pode haver democracia sem os comunistas. Democracia sem os comunistas é uma democracia mutilada e, portanto, não tem razão de ser nos dias de hoje”, enfatizou.

Muita coisa havia mudado, no entanto. Prestes não conseguiu liderar os militantes do PCB na redemocratização do Brasil. Era enxergado como ultrapassado. Três anos depois de seu regresso, em 1982, deixou o cargo de secretário-geral e acabou acompanhado por vários camaradas.

Mas essa história fica pra outro dia… Porque todo dia é histórico.

Trailer do documentário “O Velho – A história de Luiz Carlos Prestes”:

Fontes:

– Acervo Estadão

– Wikipédia

– educacao.uol.com.br

Anúncios

Fala!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s