Noruega derruba longa invencibilidade do Brasil

Há 20 anos… dia 30 de maio de 1997.

1290 dias (3 anos, 6 meses e 13 dias).

46 jogos (incluindo 7 de Copa do Mundo, o tetra!).

Esta era a invencibilidade da seleção brasileira até 30 de maio de 1997, quando foi goleada por 4 a 2 pela Noruega do grandalhão Tore Andre Flo. Aliás, o nome do jogo, com dois gols e uma assistência no amistoso no estádio Ullevaal, em Oslo.

Se o Brasil não perdia desde 1993, não tomava de quatro desde 18 de junho de 1989, dia em que levou 4 a 0 da Dinamarca dos irmãos Laudrup, em Torneio Centenário da Federação Dinamarquesa.

No duelo de 20 anos atrás, a zaga formada por Célio Silva (Corinthians) e Márcio Santos (Atlético-MG) bateu cabeça o jogo inteiro e não soube conter o gigante Flo, que deitou e rolou dentro e fora da área brasileira. Os anfitriões abriram 2 a 0 com 16 minutos, em gols de Rudi e do centroavante.

Djalminha diminuiria aos 19, mas Flo levaria a Noruega com 3 a 1 para o vestiário, marcando mais um aos 32 minutos. Romário faria o segundo do Brasil aos 21 da etapa final, mas Oestentad acabaria com esperanças de reação dez minutos depois, aproveitando passe de cabeça de Flo.

“Tivemos muitos erros, tanto individuais como coletivos. A seleção está a um ano da Copa e temos tempo para consertar, diria Zagallo, após a elástica derrota, sem esconder, no entanto, descontentamento com alguns jogadores e antecipando mudanças para a estreia no Torneio da França, quatro dias mais tarde.

“Sim. Devo fazer algumas. Não quero falar agora, mas são aqueles que todo mundo sabe”, respondeu, com certo mistério, ao repórter Marcelo Damato, na Folha.

Em consulta ao ótimo livro dos jogos da seleção, vê-se que duas mudanças aconteceram na equipe titular que entrou em campo contra a França, em Lyon. Saíram Márcio Santos e Djalminha, entraram Aldair e Giovanni.

Naquele jogo, Roberto Carlos marcaria, talvez, seu gol mais improvável.

Mas essa história fica pra outro dia… Porque todo dia é histórico.

Em tempo: em quatro duelos realizados, três amistosos e um de Copa do Mundo – 1998, derrota por 2 a 1 -, o Brasil nunca venceu a Noruega. É a única seleção do mundo jamais superada pelo time canarinho (obrigado, Lucas Parolin!). Leia aqui!

Gols do jogo:

Fontes e +MAIS:

– Livro Todos os jogos do Brasil – vários autores

– jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com

– Acervo Folha

– Acervo Estadão

– Wikipédia

– wikiwand.com

– futebolnostalgico.blogspot.com.br

Anúncios

Fala!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s