Martina Navratilova vence pela 100ª vez em Wimbledon

Há 25 anos… dia 25 de junho de 1991.

Martina Navratilova vence pela 100ª vez em Wimbledon

Quando pisou na grama sagrada da quadra central do mítico All England Club naquela tarde, a mente estava longe.

As nuvens negras do céu londrino pareciam invadir a cabeça da experiente e consagrada multicampeã.

Quando deu por si, estava a um passo de uma catastrófica e surpreendente eliminação, fato inédito para uma tenista defensora do título em 114 anos de Wimbledon.

Seria…

Porque logo ela tratou de retomar as rédeas de si mesma para virar o placar.

Porque ela tinha de justificar a homenagem de entrar em quadra antes da chave masculina, tradição (quase) pétrea no tradicional Grand Slam da ancestral Inglaterra. Rito quebrado só pra ela.

Porque ela tinha de relembrar a si e a todos ali presentes do seu pesado currículo de 9 títulos em Wimbledon, até hoje recorde no tênis profissional.

Porque, afinal, ela é Martina Navratilova.

Há 25 anos, a tcheca naturalizada americana teve de superar o jogo mental interno para vencer pela 100ª vez em Wimbledon.

“Durante toda a partida, eu pensei que poderia perder. Isso foi apenas um dos meus problemas. Tive uma dificuldade enorme em manter minha mente focada na missão principal, a de ficar com o olho na bola, e por isso perdi tantos pontos”, disse a então 4ª colocada do mundo, após virada pra cima de Elna Reinach, apenas a 49ª do ranking.

A tenista da África do Sul se aproveitou da confusão psicológica de Martina para vencer o set inicial em 6-4. Então, a campeã conseguiu entrar no jogo para deixar tudo igual na segunda parcial: 6-2. Pronto, a Terra girava novamente em torno do Sol. Not yet!

Como a própria afirmou, a derrota esteve em seu horizonte durante todo o confronto. No terceiro set, ela se delineou mais claramente no oitavo game, quando Martina teve de tirar um 0-40, com 4-3 contrários no placar. “Eu pensei em 1974, quando fui eliminada na 1ª rodada”, revelou.

No fim, a torcida presente, que já acreditava na vitória inesperada de Elna Reinach, pôde suspirar aliviada. Martina fechou o sofrido duelo em 2 a 1, com 6-4 na parcial final, após 1h45min – “Nunca precisei fazer um jogo em três sets tão cedo em Wimbledon”.

Martina Navratilova cairia nas quartas-de-final da edição de 1991, derrotada pela americana Jennifer Capriati em dois sets (6-4 e 7-5). Ela chegaria em sua última final na grama sagrada três anos depois, em 1994, quando acabaria superada pela espanhola Conchita Martínez.

Mas essa história fica pra outro dia… Porque todo dia é histórico.

Resumo de Martina Navratilova em Wimbledon:

Fontes e +MAIS:

Acervo Folha

– nytimes.com

– articles.philly.com(1)

– articles.philly.com(2)

– news.google.com

Anúncios

3 comentários sobre “Martina Navratilova vence pela 100ª vez em Wimbledon

  1. Martina foi a maior tenista feminina que vi jogar em toda minha vida. Atualmente temos as irmãs Serena e Vênus Willians fazendo grande sucesso, entre outras, mas Martina, na minha opinião, continua sendo a melhor.

  2. A maior tenista que vi jogar em todos os tempos, mesmo que, atualmente, tenhamos as fantásticas irmãs Serena e Venus Williams, encantando multidões.

Fala!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s